TRADUTOR

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

EDUCAÇÃO 2 - A EDUCAÇÃO QUE FAZ DIFERENÇA - 2

A EDUCAÇÃO QUE FAZ DIFERENÇA - 2

O autor também nos fala da importância das emoções, pois elas determinam a qualidade do registro feito em nossa memória. Quando somos levados a um volume (quantidade) emocional de alta tensidade nossa memória registra este fato com maior qualidade. Fatos cotidianos que não altera nossa emoção, embora fotografados por nossa memória é arquivadas dentro de nossa memória em locais difíceis de acharmos. As vezes isto também ocorre quando alta tensidade emocional negativa. Portanto preste atenção nessas palavras do autor:
“Tudo que é registrado não pode mais ser deletado, apenas reeditado através de novas experiências sobre experiências antigas. Reeditar é um processo possível, mas complicado. A imagem que seu filho construiu de você não pode mais ser apagada, só reescrita”.
“Nossas agressividade, rejeições e atitudes impensadas podem criar um alto volume de tensão emocional em nossos filhos, gerando cicatrizes para sempre”.
“Você só reparará sua atitude e reeditará o filme do inconsciente se penetrar no mundo dele, se reconhecer seu exagero, se falar com ele sobre sua atitude”.
“Declare a seus filhos que eles não estão no rodapé da sua vida, mas nas páginas centrais da sua história”.
“Mesmo que você trabalhe muito, faça do pouco tempo disponível grandes momentos de convívio com seus filhos. Role no tapete. Faça poesias. Brinque, sorria, solte-se. Perturbe-os prazerosamente”.
“Seus filhos não precisam de gigantes, precisam de seres humanos”.
“Chorar e abraçar são mais importantes do que dar-lhes fortunas ou fazer-lhes montanhas de críticas”.
“Bons pais nutrem o corpo, pais brilhantes nutrem a personalidade. Este hábito dos pais brilhantes contribui para desenvolver reflexão, segurança, liderança, coragem, otimismo, superação do medo, prevenção de conflitos”.
“Ter cultura, boa condição financeira, excelente relação conjugal e propiciar uma boa escola para os jovens não basta para produzir saúde psíquica”.
“Ajude seus filhos a não serem escravos dos seus problemas. Alimente o anfiteatro dos pensamentos e o território da emoção deles com coragem e ousadia”.
“De que adianta você cuidar diariamente da nutrição de bilhões de células dos seus filhos, mas descuidar da nutrição psicológica? De que adianta terem um corpo saudável se são infelizes, instáveis, sem proteção emocional, fogem dos seus problemas, têm medo das criticas, não sabem receber um “não”?
“O pessimismo é um câncer na alma. Muitos pais são vendedores de pessimismo. Já não basta o lixo social que a mídia deposita no palco da mente dos jovens, muitos pais transmitem para eles um futuro sombrio. Tudo lhes é difícil e perigoso. Estão preparando os filhos para temer a vida, fechar-se num casulo, viver sem poesia. Nutra seus filhos com um otimismo sólido”!
Sei que ao ler estas frases, logo pensamos em nossos pais, pois passamos a refletir em como somos e como fomos educados. Quero lhe pedir que se você descobrir falhas em sua educação, perdoa os seus pais, pois com certeza eles deram o melhor deles por você. E esteja atento (a) para não cometer os mesmos erros.
Que Deus lhe abençoe neste magnífico ministério de pai e mãe.
            Pr. Nélio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Translate

NOTÍCIAS