TRADUTOR

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

MENSAGEM EM VÍDEO 706 - AS CARACTERÍSTICAS DE UM BOM SERVO (3): AMOR


REFLEXÃO 357 - A ORAÇÃO DO SENHOR NO JARDIM


A oração do Senhor no jardim

Jesus era um homem de oração e freqüentemente fazia súplica a seu Pai em favor de outros. No jardim, poucas horas antes de sua morte, encontramo-lo orando por si mesmo, mostrando-nos que é certo descarregarmos nossas mais profundas inquietações e ansiedades sobre um carinhoso Pai Celestial.

Nosso Senhor, além de ser divino era um ser humano. Nossas mentes frágeis não podem compreender como pode existir um tal ser nem como esta dupla natureza se encaixou em sua vida. Simplesmente acreditamos que é assim. Uma das peças de evidência que Jesus foi realmente humano foi aquele choro angustiado na tranqüila noite no Getsêmani: "Aba,Pai... passa de mim este cálice". Quando ele enfrentava a horrível perspectiva da crucificação, ele chorou profundamente e orou fervorosamente para que não precisasse beber o cálice amargo do sofrimento. Sua humanidade, naquela cena, deveria ficar impressa definitivamente em nossos corações.

terça-feira, 15 de agosto de 2017

MENSAGEM EM VÍDEO 705 - AS CARACTERÍSTICAS DE UM BOM SERVO (2): ESTABILIDADE


REFLEXÃO 356 - A ORAÇÃO DE INTERCESSÃO DO SENHOR


A oração de intercessão do Senhor

Não é difícil imaginar o tremendo efeito que a vida de Jesus deve ter tido sobre seus discípulos, de todos os modos, enquanto estava tão intimamente associados com ele durante os três anos e meio de seu ministério. Como a escritura nos revela, a regularidade da oração em sua vida, a proximidade que ele sentia com o Pai, e a natureza sincera de suas orações como é vista naquelas poucas que são registradas, ele se torna nosso exemplo na oração como em outras características de uma vida espiritual. Há tanto que precisamos aprender com Jesus sobre este poder maravilhoso que está tão prontamente acessível a nós em nossas vidas.

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

MENSAGEM EM VÍDEO 704 - AS CARACTERÍSTICAS DE UM BOM SERVO (1): DILIGENTE


REFLEXÃO 355 - A ORAÇÃO DA CONFISSÃO

A ORAÇÃO DA CONFISSÃO

(Salmo 51)

I  Introdução e Definições

A confissão é o reconhecimento de um fato acerca de si próprio ou de outro.
Assim sendo, ela pode desvendar os pecados pessoais, em um ato de
continuação, como uma afirmação da grandeza e bondade de Deus. Ambos
significados encontram tanto no hebraico como no português.

Quando Paulo fala sobre "confessar ao Senhor Jesus "em Romanos 10.9, ele tem
em mente o reconhecimento de Jesus Cristo como Filho de Deus. Esse texto não
constitui referência a  "confissão de pecados, sim, a confissão do nome do
Senhor".

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

MENSAGEM EM VÍDEO 703 - AMOR (2)


REFLEXÃO 354 - A OPOSIÇÃO A JESUS

A oposição a Jesus

A oposição a Jesus cresceu junto com a sua popularidade. Os esforços da  oposição culminaram com protesto público, mais ou menos três anos    após ter começado a pregar, para que fosse crucificado. Vendo por cima, é surpreendente que alguém tão gentil, amável e espiritual como Jesus tenha suscitado inimigos tão violentos.
Jesus não tinha nenhum apreço pelas crenças e pelos padrões tradicionais. Ele violou as tradições referentes ao sábado, a tradição de purificação, as restrições de falar com os gentios, os padrões de isolamento dos pecadores, as ordens de jejuar etc. (veja Mateus 12,15; Marcos 2,3; João 4). Sua vida e seus ensinos ultrajaram a ortodoxia religiosa. Quantos de nós seguimos comodamente as tradições religiosas de nossos pais e de nossas autoridades eclesiásticas sem jamais verificar o que Jesus disse sobre essas questões em sua palavra?
Jesus não era popular porque falava sem rodeios. Ele falava com ousadia contra todas as formas de pecado veja Mateus 23. Vivendo numa época em que se considera estreiteza de mente defender a verdade e opor-se aos enganos, imagino que a maioria de nós não teria ficado muito à vontade com o jeito franco de Jesus falar sobre o pecado e sobre o erro. Jesus não era áspero; mas não era nenhum lisonjeiro. Tinha sobretudo palavras fortes para a elite religiosa da época.
Por fim, Jesus era pouco popular porque desafiava os que desejavam segui-lo a calcular a despesa. Ele exigiu lealdade absoluta de seus discípulos (veja Lucas 9:57-62;14:25-33). No fim muitos acharam o desafio muito grande e desistiram. Mas ele jamais abriu mão da sua exigência de dedicação total para com ele.

-por Gary Fisher



quarta-feira, 9 de agosto de 2017

MENSAGEM EM VÍDEO 702 - A PALAVRA DE DEUS E A CURA DOS TRAUMAS EMOCIONAIS (2)


SALVAÇÃO 2 - OPERAÇÃO RESGATE

Operação Resgate
  


INTRODUÇÃO
Quando Adão e Eva pecaram, Deus não só lhes expôs as terríveis conseqüências de seu erro mas também lhes anunciou a existência de um maravilhoso plano que lhes garantia a vitória final sobre o pecado e a morte. Esta lição trata exatamente do plano da redenção. Ao discorrermos sobre ele, procuraremos responder as seguintes questões: Qual a solução para o pecado proposta por Deus? Por que unicamente Cristo pode ser o Salvador dos homens? Que condições teria Cristo que preencher para tornar-se o Redentor? Qual o propósito do plano da redenção?

INÍCIO
Vimos pela lição anterior que a condenação de Adão foi a condenação de toda humanidade; de sorte que cada um de nós pode dizer como o salmista Davi: "Eis que eu nasci em iniqüidade, e em pecado me concebeu minha mãe." Salmos 51:5. Pela culpa herdada de Adão, participamos com ele de toda maldição da desobediência, e isto inclui também a morte. Esta é nossa situação. Mas o Senhor Deus declara: "Não tenho prazer na morte de ninguém." Êxodo 18:32. Deus nunca desejou que o homem caísse nesse estado deplorável. Mas ele caiu, que fazer agora? Que medidas tomar?
"O céu encheu-se de tristeza quando se compreendeu que o homem estava perdido, e que o mundo que Deus criara deveria encher-se de mortais condenados à miséria, enfermidade, e não haveria um meio de livramento para o transgressor." (EGW, História da Redenção, pág. 42).
Pela entrada do pecado na terra, Satanás parecia ter realmente formulado um problema insolúvel para Deus:

·        O Criador não podia modificar a lei que o homem transgredira, tampouco a pena da transgressão.
     Isto implicaria a idéia de que Deus era autor de uma lei imperfeita, o que é impossível;
·        Se um transgressor pudesse ser salvo pela modificação da lei, isto é, pela acomodação dela à
     sua vida, o resultado certo seria anarquia e ruína;
·        Destruir o homem e criar outra espécie humana pareceria injusto aos olhos do Universo,
     porque tal atitude não se harmonizaria com os princípios básicos do governo de Deus, que
     são justiça e misericórdia.
Deus porém não foi apanhado de surpresa. Antes que os fundamentos da Terra fossem lançados, Pai e Filho haviam planejado uma maneira de redimir o homem, caso ele fosse vencido por Satanás. As providências para enfrentar a emergência tinham sido tomadas.
 
 

terça-feira, 8 de agosto de 2017

MENSAGEM EM VÍDEO 701 - AGENTES TRANSFORMADORES DO MUNDO (2)


REFLEXÃO 353 - A OPERAÇÃO ESPECULATIVA DA SABEDORIA COMO FIM ÚLTIMO DO HOMEM (Felicidade)

A operação especulativa da sabedoria como fim último do homem.

Vamos agora fazer um apanhado sobre o que é a felicidade humana, segundo as palavras de S. Tomás, tomadas principalmente do décimo livro do Comentário à Ética.

A felicidade, diz Tomás de Aquino no décimo do Comentário à Ética, tanto quanto é possível neste mundo, consiste na operação especulativa da inteligência pela principal das virtudes intelectuais que é a virtude da sabedoria (53), conduzida até a contemplação da verdade (54).
Desta afirmação segue-se que não é em qualquer operação da inteligência que consiste a felicidade do homem.

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

MENSAGEM EM VÍDEO 700 - VOCÊ SABE EM QUEM TEM CRIDO? (2)


ESTUDOS 153 - A OPERAÇÃO DO ESPÍRITO SANTO

A OPERAÇÃO DO ESPÍRITO SANTO
João 15.16

I - CRENTE FALA E O ESPÍRITO SANTO CONVENCE - JO 16.8
a) O crente fala a Palavra de Deus
b) O crente fala sobre o céu
c) O crente fala sobre a vida

II - O CRENTE ORA E O ESPÍRITO SANTO INTERCEDE
a) O crente ora pedindo
b) O crente ora agradecendo
c) O crente ora intercedendo

III - O CRENTE VAI E O ESPÍRITO SANTO FAZ A OBRA
a) O Crente vai aonde precisa
b) O crente vai na obediência do Espírito
c) O crente vai na submissão do Espírito

IV - O CRENTE ESTUDA A BÍBLIA E O ESPÍRITO SANTO ENSINA
a) O crente deve ler para aprender
b) O crente interpreta segundo a visão de Deus
c) O crente estuda para manejar bem a Palavra


V - O CRENTE OBEDECE E O ESPÍRITO SANTO OPERA
a) O crente deve obedecer aos pastores
b) O crente deve obedecer a Palavra de Deus
c) O crente deve obedecer a Orientação de Deus


AUTOR DESCONHECIDO

(Não nos responsabilizamos pelo conteúdo teológico deste material)

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

MENSAGEM EM VÍDEO 699 - RECONHECENDO QUE SOMOS CARENTES (2)


ESCATOLOGIA 9 - A OPERAÇÃO DO ERRO

A Operação do Erro

O que é a verdade?" - Pôncio Pilatos (João 18:38)


2 Tessalonicenses 2:11 diz que Deus enviará a "operação do erro" ao mundo quando o Anticristo ascender ao poder. A igreja de Jesus Cristo já terá partido no Arrebatamento, terminando assim com a influência de "sal e luz" da operação do Espírito Santo na humanidade por meio dos cristãos fiéis. Então, como que para adicionar insulto à injúria, uma alucinação sobrenatural virá sobre o mundo de modo a garantir que Satanás encarnado seja 100% bem-sucedido em sua conquista! Todos os homens em toda a parte darão as boas-vindas ao Anticristo com os braços abertos e nem uma única voz se levantará em protesto. Naquele ponto. o diabo alcançará seu objetivo de governar o mundo e de receber a adoração dos homens em lugar de Jeová Deus. 

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

MENSAGEM EM VÍDEO 698 - QUEM É O MEU PRÓXIMO (2)


ESPÍRITO SANTO (PNEUMATOLOGIA) 1 - A OBRA DO ESPÍRITO SANTO

A Obra do Espírito Santo


Se você imaginasse Jesus na cruz toda vez que encontrasse seu nome na Bíblia, você acabaria atordoado. A cruz foi, na verdade, uma parte importante de sua obra, mas não foi tudo. Ele fez muitas coisas antes de vir à terra, viveu uma vida plena aqui, e agora senta-se à direita de Deus. Sabendo disto, reconhecemos que a obra de Jesus tem múltiplas facetas. Mas quando as pessoas lêem a respeito do Espírito Santo, elas freqüentemente o vêem fazendo somente uma obra de um único modo. O resultado é absoluta confusão. Para estudar a obra de Jesus de modo lógico, organizemos sua carreira em categorias: Jesus antes de sua encarnação, sua vida na terra, sua crucificação, sua ressurreição, seu reino no Céu, sua volta, etc. Devemos fazer o mesmo com o Espírito Santo.

terça-feira, 1 de agosto de 2017

MENSAGEM EM VÍDEO 697 - QUE MODELO DE FAMÍLIA É ESSA! (2)


ESTUDOS 152 - A OBRA DO ESPÍRITO SANTO NA GRAÇA COMUM (2 parte)

A OBRA DO ESPÍRITO SANTO NA GRAÇA COMUM ( 2 parte)

INTRODUÇÃO
Os estudantes da Bíblia enfrentam um perigo que é o desenvolvimento de pontos de vista desequilibrados acerca de doutrinas. A pessoa que rejeita tanto a graça comum quanto a graça eficaz sempre interpretará de maneira errada não só a Bíblia como também muito do que acontece ao seu redor. Um pastor tempos atrás atribuiu a delusão de muitos "crentes nominais" a pregadores que não poderiam discernir entre a graça comum e a graça salvadora, ou aqueles que pregam a graça comum sendo suficiente. Nos dias de hoje quantas pessoas têm errado ao atribuir à regeneração a um movimento religioso. Então vamos examinar algumas das obras do Espírito que provêm da regeneração.

I CONVICÇÃO
Em Gênesis 6:3, vemos que o Espírito de Deus contendeu com os homens antes do dilúvio. Não há dúvida, o Seu poder fez com que a pregação de Enoque convencesse a muitos. Desde aquele dia, multidões como Félix (Atos 24:25) têm se espavorido diante da pregação da Palavra de Deus, enquanto outros como Herodes têm recebido a Palavra de Deus de bom grado (Marcos 6:20). Nosso Senhor promete que o Espírito convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo (João 16:8-11). Tanto na Bíblia quanto em nossa experiência devemos estar convictos de que muitos não serão salvos, mesmo sabendo como é ser tratado por Deus.

sexta-feira, 28 de julho de 2017

MENSAGEM EM VÍDEO 696 - A ORAÇÃO DO DISCÍPULO (4 parte)





ESTUDOS 151 - A OBRA DO ESPÍRITO SANTO NA GRAÇA COMUM (1 parte)

A OBRA DO ESPÍRITO SANTO NA GRAÇA COMUM (1 parte)

INTRODUÇÃO
A graça comum pode ser definida como a bondade de Deus desmerecida mas dada ao mundo como um todo. Ele é chamada "comum" não por desprezo mas, contrariamente, para se distinguir da graça "salvadora" ou da conhecida graça "eficaz". Exemplos da graça comum incluiriam a provisão divina para as necessidades físicas do homem (Mat. 5:45; Atos 14:17), a chamada do evangelho (Marcos 16:15), a influência cristã (Mat. 5:13) e a longanimidade de Deus (Rom. 9:21-22).
Mesmo que todas essas bênçãos acima mencionadas sejam eternas, a graça comum efetua-se além disso para incluir operações internas do Espírito de Deus. Algumas pessoas têm pensado, baseando-se em suas razões no fato de a chamada eficaz ser estendida apenas aos eleitos, que o Espírito Santo nunca opera nos outros. Essa é uma conclusão falsa. A Bíblia menciona muitas operações do Espírito Santo nos homens que nunca foram regenerados.

quinta-feira, 27 de julho de 2017

MENSAGEM EM VÍDEO 695 - QUANDO OS HOMENS QUEREM SE TORNAR DEUSES (2)


ESTUDOS 150 - A OBRA DO ESPÍRITO NA SEGURANÇA

A OBRA DO ESPÍRITO NA SEGURANÇA

INTRODUÇÃO
O Senhor deseja que o seu povo goze da segurança na salvação. Durante o seu ministério terreno, nosso Salvador assegurou isso com Seus próprios lábios para aqueles que criam nEle (João 14:1-3; Lucas 23:43). Tendo subido ao céu nosso Salvador enviou-nos outro Consolador. Agora, o Espírito Santo tem uma obra definida produzindo segurança na salvação.
Antes de iniciarmos o estudo da obra do Espírito na segurança, vamos rever algumas verdades básicas referentes a esse assunto. Isso beneficiará àqueles que nunca estudaram esse assunto antes.

quarta-feira, 26 de julho de 2017

MENSAGEM EM VÍDEO 694 - PERSEVERANDO NA FÉ (2)


ESTUDOS 149 - A OBRA DO ESPÍRITO SANTO EM RELAÇÃO A CRISTO

A OBRA DO ESPÍRITO SANTO EM RELAÇÃO A CRISTO

INTRODUÇÃO
Mesmo que a interação entre as pessoas da Trindade seja sempre incompreensível, ainda mais misteriosa é a relação entre o Espírito de Deus e o Nosso Senhor incarnado. O Salvador era tão Deus quanto homem, cansado mas onipotente, ignorante mas onisciente, capaz de crescer perfeitamente. Cristo era auto-suficiente como Deus, mas na sua humilhação precisava ser ungido pelo Espírito. Não devemos murmurar, então, que todas as coisas são incompreensíveis mas estarmos alegres pelo mistério da piedade (I Timóteo 3:16).

terça-feira, 25 de julho de 2017

MENSAGEM EM VÍDEO 693 - PECADO, PUNIÇÃO E GRAÇA (2)


REFLEXÃO 352 - A OBRA DE DESINTEGRAÇÃO DE SATANÁS

A Obra de desintegração de satanás


Necessitamos saber que, para propagar Seu Evangelho, fazer Sua obra, e cumprir Sua vontade na terra, o Senhor precisa utilizar o Seu Corpo. Nem a Sua vontade nem o Seu caminho podem ser realizados por uma só pessoa, visto que o Senhor não opera através de um homem mas através da Igreja. O vaso que Deus utiliza é a Igreja, não um indivíduo. A vida e o poder de Cristo encontram sua manifestação mais rica através do Corpo de Cristo.

sexta-feira, 21 de julho de 2017

MENSAGEM EM VÍDEO 691 - OS INIMIGOS DA ORAÇÃO (2)


REFLEXÃO 351 - OBRAS DA CARNE

Obras da carne


Carne é a natureza pecaminosa com seus desejos corruptos, a qual continua no cristão após a sua conversão, sendo seu inimigo mortal (Rm 8.6-8,13; Gl 5.17,21). Aqueles que praticam as obras da carne não poderão herdar o reino de Deus (5.21). Por isso, essa natureza carnal pecaminosa precisa ser resistida e mortificada numa guerra espiritual continua, que o crente trava através do poder do Espírito Santo (Rm 8.4-14; Gl 5.17.

As obras da carne:
Prostituição , imoralidade sexual de todas as formas. Isto inclui, também gostar de quadros, filmes ou publicações pornográficas Mt 5.32;19.9; At 15.20, 29;21.25; I co 5.1. Prostituição ou impureza, pecados sexuais, atos pecaminosos e vícios, inclusive maus pensamentos e desejos do coração Ef.5.3;Cl 3.5.

quinta-feira, 20 de julho de 2017

SERMÕES 11 - HOMENS FORTES EM TEMPOS DE CRISE

HOMENS FORTES EM TEMPOS DE CRISE
Juízes – Gideão

O que significa o termo “homens fortes”? R.: Homens fortes são àqueles que mesmo ao experimentarem crises permanecem firmes na Palavra do Deus Criador.
Hebreus 11 descreve uma lista de homens fortes, estes são chamados de heróis da fé. Contudo quase todos possuem relatos de falhas em suas biografias, entretanto podemos dizer que são homens fortes, porque ser forte é permanecer firme na fé, firme em Deus até o fim.
Hoje iremos aprender através da vida de Gideão, um dos juízes de Israel, que homens fortes são forjados na crise. Deus transforma Gideão, um jovem inseguro em um homem forte.

Contexto Histórico
Quem são os juízes? R.: Homens e mulheres chamados por Deus para intervir em momentos de crises e adversidades que caracterizaram o período entre a morte de Josué (sucessor de Moisés) e o primeiro rei de Israel (Saul).

“...E a terra teve paz durante quarenta anos”. Juízes 5:31
·         Tempo de prosperidade são tempos propensos de nos distanciarmos de Deus.

“De novo os israelitas fizeram o que o Senhor reprova, e durante sete anos ele os entregou nas mãos dos midianitas”. Juízes 6:1
·         Israel, assim como nós hoje, vivia uma crise sócio-política-econômica.
·         Toda crise está sempre ligada com o distanciamento do homem de seu Criador. (...fizeram o que o Senhor reprova).

3 Sempre que os israelitas faziam as suas plantações, os midianitas, os amalequitas e outros povos da região a leste deles as invadiam.
 4 Acampavam na terra e destruíam as plantações ao longo de todo o caminho, até Gaza, e não deixavam nada vivo em Israel, nem ovelhas nem gado nem jumentos.
 5 Eles subiam trazendo os seus animais e suas tendas, e vinham como enxames de gafanhotos; era impossível contar os homens e os seus camelos. Invadiam a terra para devastá-la”. Juízes 6:3-5
·         O verso um, diz que durante sete anos os midianitas oprimiram os israelitas. Imagine você indo ao banco receber seu salário e ao sair dele é roubado. Imagine isso durante sete anos. Era assim com os israelitas.
·         Os midianitas são como nossos governantes, destroem todo o sistema político e econômico de nossa nação. Eles são como gafanhotos que devoram toda riqueza de nosso país, pulverizam as empresas privadas e públicas e como vampiros sugam nossas riquezas não deixando nada vivo em nossos sistemas.

SERMÕES 10 - O HOMEM E A ORAÇÃO


O HOMEM E A ORAÇÃO

1Antes de tudo, recomendo que se façam súplicas, orações, intercessões e ação de graças por todos os homens;
2pelos reis e por todos os que exercem autoridade, para que tenhamos uma vida tranquila e pacífica, com toda a piedade e dignidade.
3Isso é bom e agradável perante Deus, nosso Salvador,
                                                                                                                (1 Timóteo 2:1-3)

1 - O que é oração?
·         Falar com Deus. (em parte)
o   Ela entra em nossas agendas como um programa, parte de um rito.
o   Falta intimidade - “faça a Tua vontade”.

2 - O que é oração?
·         Jonathan Edwards: comunhão consciente com Deus. Relacional – quando tenho intimidade:
o   “apresento minha vontade a Deus”.
o   me apresento como sou (me visto e falo como sou, mas aberto a melhorar)

3 - Por que Devemos orar?
·         Deus ama passar tempo em comunhão conosco.

8O Senhor detesta o sacrifício dos ímpios, mas a oração do justo o agrada.
                                                                                                                (Provérbios 15:8)

SERMÕES 4 - QUEM EU SOU?

QUEM EU SOU?
Romanos 12:3

“Ser ou não ser... Eis a questão. Que é mais nobre para a alma: suportar os dardos e arremessos do fado sempre adverso, ou armar-se contra um mar de desventuras e dar-lhes fim tentando resistir-lhes? Morrer... dormir... mais nada...” 
                                     (Ato III, cena I – Hamlet – William Shakespeare)

Estas palavras são uma síntese do conflito interior vivido por Hamlet, personagem de uma das peças de William Shakespeare. Ele se vê diante a difícil escolha de se resignar diante o infortúnio que o destino lhe havia dado ou por fim a este infortúnio tirando sua própria vida.
Assim como Hamlet, acredito que nós cristãos vivemos um conflito a respeito de nosso ser que tem se agravado devido distorções de algumas verdades bíblicas.
A Bíblia afirma que somos mais que vencedores em Cristo Jesus. Que a vitória de Cristo é a base da nossa vitória. Vencemos em Cristo:
·       Sobre a carne Os que pertencem a Cristo Jesus crucificaram a carne, com as suas paixões e os seus desejos. (Gálatas 5:24)
·       Sobre o mundo O que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé. (1 João 5:4)
·       Sobre o diabo Resistam-lhe, permanecendo firmes na fé, sabendo que os irmãos que vocês têm em todo o mundo estão passando pelos mesmos sofrimentos. (1 Pedro 5:9)
·       Sobre a morte - 21Visto que a morte veio por meio de um só homem, também a ressurreição dos mortos veio por meio de um só homem.
22Pois da mesma forma como em Adão todos morrem, em Cristo todos serão vivificados. (1 Coríntios 15:21,22)
Embora eu seja mais que vencedor; não vivo como vencedor! Muitas vezes sou vencido. Embora a Bíblia declare que eu sou justo e santo o pecado continua muitas vezes me levando a derrotas avassaladoras, o mundo continua me aprisionando em sua rede e Satanás ainda me induz com suas mentiras prazerosas, inflando minha carne e me levando dessa forma a errar o alvo de minha existência. Afinal “sou ou não sou” vencedor? Sou justo ou não? Sou santo ou não? Quem eu sou? Eis a questão!
A verdade é que “já” sou vencedor por causa da vitória de Cristo na cruz. O sacrifício de Cristo Jesus me tornou justo e santo. Quando olho para a eternidade vejo minha vitória certa. Entretanto a minha vitória “ainda não” está completa, neste tempo presente, porque continuo vivendo num corpo e num mundo corrupto, sujeito ao pecado.

MENSAGEM EM VÍDEO 690 - O VALOR DO TRABALHO EM EQUIPE (2)


ESTUDOS 148 - A OBEDIÊNCIA DO FILHO

A OBEDIÊNCIA DO FILHO

Texto Bíblico: Filipenses 2:5-11 - Hebreus 5:7-9


A.1 - O Senhor inicia a obediência

A Bíblia nos diz que o Senhor Jesus e o Pai são um. A Glória que Deus tinha no principio, e até mesmo a Glória inigualável de Deus, também era a Glória do Filho. Portanto as Escrituras nos dizem que o Senhor não julgou por usurpação ser igual a Deus. No texto de Filipenses vemos que o nosso Senhor foi apresentado humilhando-se duas vezes: primeiro esvaziou-se de Sua Divindade e depois humilhou-se em Sua humanidade; a não ser por revelação é que nós O reconhecemos como Deus. Trataram-no como homem, uma pessoa comum neste mundo; e Ele como Filho de boa vontade submeteu-se a autoridade do Pai e declarou "o Pai é maior do que Eu", João 14:28.

Deus torna-se o emblema da autoridade, enquanto Cristo assumi a posição símbolo de obediência.

Para nós, os homens, obedecer deveria ser simples, é um pouco de humildade. Para Cristo, entretanto, ser obediente não foi uma questão simples. Foi muito mais difícil para Ele ser obediente do que criar os céus e a terra. Por quê ? porque teve que esvaziar-se de toda Glória e Poder de Sua Divindade e assumir a forma de escravo para poder obedecer. Portanto a obediência foi iniciada pelo Filho de Deus.
  

quarta-feira, 19 de julho de 2017

MENSAGEM EM VÍDEO 689 - O MINISTÉRIO DA CURA (2)


REFLEXÃO 350 - A NOVA VIDA QUE PROVÉM DE DEUS

A nova vida que provém de Deus.

por Carlos Alberto Siqueira

            Um dos maiores milagres providenciados por Deus à humanidade, sem dúvidas é a conversão. Muitas pessoas questionam-se como alguém que professava o ateísmo ou a em outro tipo de doutrina possa posicionar-se de maneira apologética quanto ao sacrifício do senhor, como forma perfeita de purgação de pecados e em conseqüência, uma vida perdoada na eternidade com Deus.
            Encontramos doutos e leigos tomados por esta convicção de que não pode ser explicada pelos doutores e intelectuais, que ainda não provaram o dom de Deus. Realmente é algo tremendo e inexplicável falar da conversão, pois para cada um, a sua definição acontece de maneira diferente, ficando a sua generalização complicada, quanto à manifestação de um fenômeno que não pode ser estudado, pois é o produto de uma experiência chamada .

sexta-feira, 30 de junho de 2017

MENSAGEM EM VÍDEO 688 - O MINISTÉRIO DA CURA (1)


ESTUDOS 147 - A NOVA VIDA EM CRISTO

A NOVA VIDA EM CRISTO
II Coríntios 5:17

"E assim, se alguém está em Cristo, nova criatura é. As coisas velhas já passaram. Eis que tudo se fez novo."
Outros textos para anotar: Gl 5:1,4,5,13,14, 16-25 e Cl 3:5-10


INTRODUÇÃO
1. Quando temos um Encontro com Deus, Ele muda a nossa identidade: Não mais Jacó, mas Israel!


2. Nós temos que assumir esta nova vida, passando uma linha entre o nosso passado e o que somos hoje.



3. Não vale à pena retroceder, voltar à prática das velhas obras. 



4. Deus fez a obra, mas temos que conservá-la cada dia de nossas vidas. Haverá lutas, mas você receberá do Espírito o poder para permanecer em vitória.



"NÃO SOU MAIS UM PECADOR LUTANDO PARA SER SANTO. 
SOU UM SANTO LUTANDO CONTRA O PECADO!"



5. Deus já fez muito, mas é necessário passar pela "malha fina" do Espírito, não deixando nem que coisas mínimas nos contaminem.

quinta-feira, 29 de junho de 2017

MENSAGEM EM VÍDEO 687 - O DEUS QUE VÊ NOSSO DESPRENDIMENTO E PROVÊ NOSSAS NECESSIDADES (2)


ESTUDOS 146 - A NOVA TERRA

A nova terra

 Como vimos no estudo anterior, após o retorno de Jesus, nós passaremos 1000 ( Mil) anos no céu e após este período de tempo nós retornaremos novamente para nosso planeta Terra, e então viveremos eternamente aqui. Como será a vida na nova terra ?

1- Como serão as coisas na nova terra?
a) A terra será Fértil
O deserto se alegrará, e crescerão flores nas terras secas; cheio de flores, o deserto cantará de alegria. Deus o tornará tão belos como os montes do Líbano, tão fértil como o monte Carmelo e o vale de Sarom. Todos verão a glória do Eterno, verão a grandeza do nosso Deus.
Isaias 35: 1 e 2
b) Não haverá pessoas com defeitos físicos
Então os cegos verão, e os surdos ouvirão; os aleijados pularão e dançarão, e os mudos cantarão de alegria. Pois fontes brotarão no deserto e rios correrão pelas terras secas.
Isaias 35: 5 e 6

quarta-feira, 28 de junho de 2017

MENSAGEM EM VÍDEO 686 - A ORAÇÃO DO DISCÍPULO (3 parte)


ESTUDOS 145 - A NOVA JERUSALÉM


A NOVA JERUSALÉM 

A Nova Jerusalém é a Cidade Santa construída por Deus, esperada por Abraão: 
"HB 11:8 - Pela fé Abraão, sendo chamado, obedeceu, indo para um lugar que havia de receber por herança; e saiu, sem saber para onde ia. 
HB 11:9 - Pela fé habitou na terra da promessa, como em terra alheia, morando em cabanas com Isaque e Jacó, herdeiros com ele da mesma promessa. 
HB 11:10 - Porque esperava a cidade que tem fundamentos, da qual o artífice e construtor é Deus." 

Será habitação perpétua dos salvos após o fim de todas as coisas: 
"AP 21:25 - E as suas portas não se fecharão de dia, porque ali não haverá noite. 
AP 21:26 - E a ela trarão a glória e honra das nações.
AP 21:27 - E não entrará nela coisa alguma que contamine, e cometa abominação e mentira; mas só os que estão inscritos no livro da vida do Cordeiro." 

sexta-feira, 23 de junho de 2017

MENSAGEM EM VÍDEO 684 - O CULTO DOMÉSTICO (2)


ESTUDOS 144 - A NOVA ERA: O NOVO NOME DA GNOSE

A Nova Era: O Novo Nome da Gnose
(palavras do Papa João Paulo II)

     Muitas vezes encontramos folhetos pregando curas mágicas, vemos livros e revistas     assegurando que ensinam a conversar com os anjos...
     Um amontoado de sandices sem pé nem cabeça está tomando conta da cabeça de muitos. Dentre os expoentes deste movimento, normalmente chamado de Nova Era, está o brasileiro Paulo Coelho.
     Mas há algo que passa desapercebido da grande maioria dos fiéis católicos: esse inimigo da Igreja já aparecera antes, ainda no tempo dos Apóstolos. Trata-se da Gnose.
     A Gnose foi o produto da mistura de elementos pagãos, principalmente gregos e egípcios, com a Revelação feita aos judeus e completada em Cristo.
     Gnose significa em grego "conhecimento, sabedoria". Uma característica marcante da Gnose é sua afirmação de dispor de algo que não é sabido por todos, de uma sabedoria secreta.
     Encontramos ainda na Bíblia uma advertência dirigida a São Timóteo para que ele evite "as contradições de uma falsa gnose" (1Tm 6,20).

quinta-feira, 22 de junho de 2017

MENSAGEM EM VÍDEO 683 - O HOMEM QUE ODIAVA O NATAL (Natal 3)


ESTUDOS 143 - A NOVA ERA E O NOSSO COTIDIANO


A Nova Era e o nosso cotidiano

"Mas o Espírito expressamente diz que nos últimos tempos alguns 
apostatarão da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores e a doutrina 
de demônios, pela hipocrisia de homens que falam e tem cauterizada
a própria consciência" (1 Tm 4.1,2)



Em nosso dia a dia, temos contato direto com muitas das doutrinas e simbologias utilizadas pelos adeptos do movimento Nova Era. É praticamente impossível você ler um informativo diário que não tenha um horóscopo. Praticamente impossível você ler uma revista que não cite alguma faceta do movimento, como "boas vibrações", "carma", "vidas passadas" e outras tantas mais. Engraçado é que não se fala de Jesus Cristo, dos milagres que ocorrer em igrejas evangélicas, da salvação de almas, de pessoas transformadas pelo poder do evangelho. Por quê? Obviamente, é necessário que todos aqueles que se dizem "pessoas informadas" não tenham acesso a este tipo de informação. Quando se fala em espiritualidade hoje em dia logo se pensa em budismo, zen, incenso, cristais, mas jamais se pensa em espiritualidade tento em mente a pessoa de Jesus Cristo. Veja alguns exemplos de doutrinas new agers dentro de nosso cotidiano:

quarta-feira, 21 de junho de 2017

MENSAGEM EM VÍDEO 682 - OS SINAIS DO NASCIMENTO DO MESSIAS (Natal 2)


ESTUDOS 142 - A NOVA ERA E A VELHA MENTIRA

A NOVA ERA E A VELHA MENTIRA...


A "NOVA ERA", também chamada "Era de Aquários" ou "New Age", não se trata de um movimento facilmente identificável e organizado, mas sim "tendências " encontradas atualmente em todas as camadas sociais, incluindo os níveis políticos, militares, econômicos e principalmete religiosos. Os temas exotéricos conquistam leitores, e Shirley MacLaine se auto define como um arauto da "Nova Era", movimento que vem ganhando força em todo o mundo, inclusive no Brasil, e que combina num mesmo caldeirão, um grande numero de cultos, crenças exotéricas e superstições.

Para os adeptos da Nova Era, tudo o que foge à compreensão do homem e desafia sua imaginação, pode ser um caminho para o autoconhecimento e uma ponte para o que chamam de "novo período da humanidade".

Nessa busca de "aperfeiçoamento espiritual" também denominada "nova consciencia cósmica", os adeptos da Nova Era creem em tudo que tenha algum conteúdo místico e inexplicavel, como a reencarnação, poder mágico das piramides, no poder dos cristais de rocha curar doenças. Na astrologia, numerologia, tarô e I-Ching, como forma de prever o futuro. No pendulo como forma de afastar más vibrações, na mentalização como poder capaz de mover montanhas, Nas viagens cósmicas, viagens mentais ao passado, contatos com extra-terrestres, dundes, fadas, bruxas e uma infinidade de outras lendas.
Em resumo, o movimento "Nova Era " é uma tentativa de fazer surgir uma nova sociedade , que substitua todos os sistemas anteriores e traga verdadeira paz, o que é o sonho do homem há milenios.
Porém , quem estuda a Bíblia sabe que não haverá paz enquanto Jesus Cristo, o Pincipe da Paz não governar a terra. Sabe também que não é com métodos e procedimentos condenados claramente por Deus, que o homem alcançará algum aperfeiçoamento espiritual. "Não se achará entre ti ... adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro, nem encantador, nem necromante, nem mágico, nem quem consulteos mortos; pois todo aquele que faz tal cousa é abominação ao Senhor". (deuteronomio 18: 10 a 12)
Como todas as falsas doutrinas e seitas, a auto-redenção, auto-conhecimento, auto-aperfeiçoamento, etc..., é o centro do seu ensino, enquanto a Bíblia diz claramente: "...pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós é dom de Deus para que ninguém se glorie" (Efésios 2:8-9). Por estar sob o domínio do pecado o homem não pode salvar a si mesmo, necesssitando que alguém o tire e o liberte de sua situação, e somente Jesus Cisto, o Redentor e Salvador pode fazer isso.
Na verdade a idéia original do movimento "Nova Era" não é NOVA, mas muito velha. Ela surgiu logo após a criação do homem, quando Satanás em forma de serpente, dirigiu-se a Eva cum uma promessa muito tentadora: "Certamente não morrereis... se abrirão os vossos olhos e sereis como Deus, sabendo o bem e o mal". (Genesis 3:4 e 5) Essa promessa, feita ao homem pela serpente, contradizia a clara afirmação de Deus: "E ordenou o SENHOR ao homem dizendo: De toda a árvore do jardim comerás livremente, mas da árvore da ciência do bem e do mal, dela não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás" (Genesis 2:17-18) Ao aceitar a proposta da serpente, o homem caiu no pecado e ficou separado de Deus.
Desde aquele tempo o homem não parou de procurar uma nova era, um novo reino de paz, sem, entretanto querer seguir as orientações de Deus. O resultado final de todas as tentativas tem sido as guerras, desturições e derramamentos de sangue, confirmando que a promessa do diabo era uma grande mentira.

terça-feira, 20 de junho de 2017

FILME 139 - UM NOVO PLANO (UMA NOVA CHANCE)


MENSAGEM EM VÍDEO 681 - REFLEXÃO SOBRE O NATAL (Natal 1)


REFLEXÃO 350 - A NOVA COSMOLOGIA NO PARADIGMA ECOLÓGICO

A NOVA COSMOLOGIA NO PARADIGMA ECOLÓGICO


Outra mudança fundamental na virada ecológica de Leonardo Boff é a transformação produzida pela nova cosmologia. Apesar de a cosmologia aparecer na descrição deste trabalho depois da concepção geral de Deus e da antropologia, deve-se observar que, para Leonardo Boff, no paradigma ecológico, foi a mudança cosmológica que propiciou a virada, ampliando ainda mais a reflexão sobre Deus e seu Mistério salvífico e sendo crítica assaz do antropocentrismo.
No texto “Refundação da dignidade humana a partir da nova cosmologia” (palestra em janeiro de 1992), ele diz:
Até agora temos trabalhado com uma cosmovisão clássica, aquela fundamentalmente ligada a Newton e à fenomenologia moderna. Refletimos a partir da consciência e do que nela se manifesta em termos de relações que se enquadram no espaço, no tempo e na interioridade humana. Mais e mais, porém, se está impondo uma nova cosmologia (grifo nosso) baseada na mecânica quântica, na nova biologia e na psicologia transpessoal. Esta visão se remonta às partículas subatômicas e às energias originais que subjazem a todo o universo.

quarta-feira, 14 de junho de 2017

MENSAGEM EM VÍDEO 679 - O CLAMOR QUE DEUS OUVE (2)


REFLEXÃO 349 - A NOTA DE MATEMÁTICA

A Nota de Matemática

Um garoto de 10 anos, aluno da rede escolar pública, descobriu que a matemática da quinta série estava se tornando o desafio da sua vida. Ciências? Moleza! Geografia? Fácil demais. Gramática? Ahaa! Simples! Mas Matemática? Era devastadora! Não que seus pais não estivessem fazendo todo o possível para ajudar o filho: professores particulares, colegas de classe, CDs, livros - nada funcionava.
"Finalmente, diante da insistência de um amigo da família, os pais decidiram matricular o filho numa escola particular. Não uma escola particular qualquer, mas uma escola particular católica. Chegou então o primeiro dia de aula na nova escola. Trajando uma camisa branca, o jovenzinho se aventurou rumo ao grande desconhecido. Quando voltou para casa naquela tarde, o garoto passou direto por seus pais e entrou em seu quarto, fechando a porta. Durante duas horas, o menino trabalhou arduamente em suas tarefas. Ele saiu do quarto bem a tempo para o jantar, após o que subiu novamente as escadas e continuou estudando diligentemente até a hora de dormir.

sexta-feira, 9 de junho de 2017

MENSAGEM EM VÍDEO 678 - MOISÉS UM LÍDER MODELO (2)


REFLEXÃO 348 - A NOSSA REPUTAÇÃO

A Nossa Reputação

"Nós somos loucos por amor de Cristo..." 1 Coríntios 4.10

Reputação significa renome, fama, celebridade. A reputação que as pessoas buscam é na verdade a valorização do seu "eu", o bom nome, a consideração recebida da parte de outrem, etc. O mundo, por sua vez, valoriza as pessoas que têm dinheiro, poder ou fama: essas são as de "boa reputação". O que temos visto, entretanto, principalmente no Brasil, é exatamente a estrondosa derrubada de reputações consideradas impolutas, conforme podemos acompanhar pela mídia em inúmeros escândalos nacionais que deram origem a CPIs. Uma delas, a CPI do Orçamento, por exemplo, originou-se de uma denúncia . Considere-se, no entanto, que o homem que fez as denúncias, e que rasgou a máscara de inúmeros políticos considerados "acima de qualquer suspeita", cumpre pena em uma unidade prisional do país sob a acusação de ser o mandante da morte de sua esposa. No Rio de Janeiro, a queda do edifício Palace II que mobilizou a opinião pública, revelou o uso de material inadequado - e mais barato - na sua construção, o que causou não só o desabamento mas a dor e ruína de muitas famílias que se não perderam entes queridos perderam seus bens e muitas, inclusive, haviam vendido tudo o que possuíam para poderem adquirir um apartamento naquele prédio, em uma região tão valorizada quanto a Barra da Tijuca. A reputação do engenheiro e proprietário da construtora, Sérgio Naya, ruiu tão rapidamente quanto o Palace II. Infelizmente, muitos neste mundo, na ânsia de conseguir fama e sucesso, especialmente no meio artístico e cultural, têm literalmente vendido sua alma ao diabo. Não são raros os casos de músicas que alcançaram grande popularidade no país às custas de pactos diabólicos feitos em terreiros e centros de magia negra, muitas vezes, com sacrifícios humanos. 

quinta-feira, 8 de junho de 2017

MENSAGEM EM VÍDEO 677 - A ORAÇÃO DO DISCÍPULO (1 parte)


ESTUDOS 141 - A NOSSA PAZ

A NOSSA PAZ

1 – Nas Escrituras
  • Encontrava-se presente na bênção sacerdotal: "O Senhor te abençoe e te guarde; o Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre ti, e tenha misericórdia de ti; o Senhor levante sobre ti o seu rosto, e te dê a paz."(Nm 6: 26)
  • Presente na oração final do dia: "Em paz me deitarei e dormirei, porque só tu, Senhor, me fazes habitar em segurança." (Sl 4:8)
  • Garante um bom futuro: "Nota o homem íntegro, e considera o reto, porque há para o homem de paz um porvir feliz." (Sl 37:37)

quarta-feira, 7 de junho de 2017

MENSAGEM EM VÍDEO 676 - MINHA FÉ NÃO É ABSURDA (2)


REFLEXÃO 347 - A NOSSA PALAVRA TEMPERADA COM SAL

A Nossa Palavra temperada com sal


"A vossa palavra seja sempre agradável, temperada com sal, para saberdes como deveis responder a cada um". Cl 4:6.

Todos nós já tivemos necessidade de lamentar palavras que saíram de nossos lábios num momento de descuido. A língua nunca foi domada, por isso é importante que pelo menos aprendamos a controlá-la. Os crentes tem sido salvos pela pura graça de Deus e a graça é o princípio regedor de nossas línguas, e isso pelo resto de nossas vidas. Nós podemos muito facilmente falar de um ponto de vista legal ou egoístico antes de pensar, só que isto pode causar dano quase irreparável.
Se meditarmos mais na graça de Deus em Cristo Jesus, a nossa boca falará desta abundância do coração: quão bom se pudesse ser dito de nós, até certo ponto como foi dito do Senhor Jesus: "Nos teus lábios se extravasou a graça" (Sl 45:2). Isto era tão verdadeiro, que as pessoas de Nazaré : "se maravilhavam das palavras de graça que lhe saíram dos lábios"(Lc 4:22). Mas a nossa palavra deve ser "temperada com sal". o sal é um preservativo e parece ser um símbolo adequado de justiça. Contudo a justiça não deve ser a característica predominante de nossas palavras, mas somente o tempero delas. Sem ele, as nossas palavras de graça podem ser insípidas e fracas; mas, se em grande quantidade, elas podem ser ofensivas e inúteis.Um exemplo simples: Se teu alimento for temperado devidamente com sal, será para o benefício e satisfação do teu corpo. Mas se for usado em demasia, pode causar danos no seu organismo, precisando ser dosado moderadamente para novamente o corpo voltar ao normal em suas funções.

Translate

NOTÍCIAS