TRADUTOR

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

REFLEXÃO 13 - AMAR, COMO?

AMAR, COMO?

Nada é mais bonito na vida quando se vive o amor.
Quando o amor é correspondido espontaneamente, àquele que ama e o que recebe o amor se inundam de alegria.
Mas quem é que ama? Quem é que recebe o amor? 
Quando o amor é correspondido ambos amam, ambos recebem o amor.
Quando isto acontece, tudo se completa, tudo se torna lindo, o coração bate acelerado, a respiração se torna ofegante, tudo ganha cor, tudo ganha música; sim o amor correspondido faz renascer tudo o que há de bom em nós.
Mas... porque sempre tem um mas? Tudo está perfeito, o amor está no ar... mas!


O tempo passa... os sonhos mudam... a vida muda... o outro muda... eu mudo!
(...)
O tempo passou... os sonhos se reestruturaram... a vida mudou... o outro mudou... eu mudei!

Nosso amor se fortaleceu. Nossas vidas se tornaram uma. Nossos caminhos se entrelaçaram. Nosso lar se completou com a chegada de nossos filhos.
O amor nos fez compreender que nos dando um ao outro nos tornamos mais forte. Sim! O amor nos fez perceber que compartilhando e respeitando nossas diferenças nos completamos.
Que as rugas da vida só nos faz olhar cada vez mais para a beleza verdadeira daquele que amamos, e que no fim aos olhos daquele que amamos somos sempre perfeitos e belos.

Mas se isso não condiz com a sua experiência...
O que fazer quando o amor parece já não existir?
Quando viver parece um sonho que no dia a dia transformamos em um pesadelo.
Quando desejamos nos apaixonar novamente pela mesma pessoa e não conseguimos.
Quando queremos nos entregar a pessoa amada, mas no fim vivemos em uma luta constante, medindo força um com o outro, sem perceber que ao vencedor só restará lagrimas de um sonho destruído.
O que fazer quando o amor parece acabado?

A resposta é simples: Ame! Ame! Ame todos os dias.
O amor é um chamado ao sofrimento... ao sacrifício... ao perdão... a uma entrega plena sem se importar se é correspondido ou não. 
Amar é... tudo suportar, tudo sofrer, tudo esperar, não se ensoberbecer, não arder em ciúmes, se alegrar na alegria do outro, é uma decisão de vida e não um sentimento.
Amar é sofrer! Porque quem ama abre mão de sua vida, de seu orgulho, de suas vontades, de seus interesses, de seus sentimentos.
Amar é sofrer! Porque quem ama se entrega plenamente a pessoa amada, sem medo de ser feliz, isto é, sem medo de sofrer, porque simplemente ama. Quem ama não tem medo de amar, porque quem ama já não pensa em si mesmo em primeiro lugar. Porque quem ama está disposta a sofrer pela pessoa amada.
Se ainda não entendeu o que é amar... pare e olhe para a cruz, pois nela conhecemos o verdadeiro amor.  “Nisto conhecemos o amor, porque Cristo deu sua vida por nós...” (1 Jo 3.16).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Translate

NOTÍCIAS