TRADUTOR

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

terça-feira, 23 de outubro de 2012

2 CORÍNTIOS - INTRODUÇÃO




Começamos com uma pequena introdução ao livro. Algumas destas informações são repetidas da introdução à primeira carta.

No mapa: Corinto era a capital da Acaia, situada no sul da Grécia. Por causa da sua posição perto do istmo que ligava duas partes da Grécia, era uma cidade de importância comercial, cultural e religiosa. Tinha diversos templos dedicados aos vários falsos deuses da época, incluindo um templo de Afrodite, onde os adoradores da deusa praticavam prostituição.


Na história: Encontramos o relato do início do trabalho em Corinto em Atos 18:1-17. Na sua segunda viagem missionária, Paulo foi de Atenas até Corínto, onde permaneceu 18 meses. Ele morou e trabalhou com Áqüila e Priscila, judeus que fabricavam tendas. Aos sábados, Paulo ensinava na sinagoga. Quando Silas e Timóteo chegaram da Macedônia (veja Atos 17:14-15), Paulo se entregou totalmente ao trabalho do evangelho. A oposição entre os judeus cresceu, e ele sacudiu o pó dos pés (veja Mateus 7:6; 10:14-15) e deu sua atenção aos gentios. Muitas pessoas, incluindo Crispo, o líder da sinagoga, creram e foram batizadas. Deus mandou que Paulo ficasse naquela cidade. Ele continuou seu trabalho em Corinto durante um ano e seis meses.


**Obs.: Algumas pessoas citam o exemplo de Paulo ensinando na sinagoga aos sábados como evidência da importância de guardar o sábado nos dias de hoje. A questão não é o fato deste apóstolo ter ensinado aos sábados, mas o motivo. Paulo costumava procurar pessoas com interesse em coisas espirituais quando e onde elas se reuniam, seja num sábado junto do rio em Filipos (Atos 16:13) ou seja todos os dias numa praça em Atenas (Atos 17:17). Nem Paulo nem outros cristãos primitivos ensinavam a necessidade de guardar o sábado, e pessoas hoje não têm direito de acrescentar tal exigência à doutrina de Cristo.
Alguns judeus começaram a perseguir Paulo, mas Gálio, o procônsul da província (52 d.C.), recusou-se a ouvir as queixas deles contra o apóstolo. Paulo permaneceu ainda algum tempo em Corinto, e depois foi para Éfeso e outros lugares, encerrando a viagem em Antioquia da Síria.

Na terceira viagem, Paulo escreveu a primeira carta aos coríntios quando estava em Éfeso, onde ele trabalhou no evangelho durante três anos. Depois de partir de Éfeso, ele mandou a segunda carta da Macedônia (Atos 20:1-2; 2 Coríntios 7:5-6). Muitos comentaristas acreditam, baseados principalmente nos comentários de Paulo em 2:1-10; 7:8; 12:14; 13:1, que entre as duas cartas aconteceram duas coisas não registradas no livro de Atos: (1) Que Paulo fez uma visita a Corínto, e voltou para Éfeso entristecido, e (2) Que ele mandou uma outra carta, considerada severa, repreendendo algumas atitudes erradas dos coríntios.
O conteúdo da carta: Enquanto a primeira carta é voltada, em boa parte, aos problemas específicos dos coríntios (questões de doutrina e prática), a segunda carta abre mais o coração de Paulo para mostrar os seus sentimentos fortes em relação aos coríntios e, mais ainda, para com o Senhor. É um livro extremamente rico pelo qual somos privilegiados para ver o coração de uma das grandes personagens da História, o apóstolo Paulo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Translate

NOTÍCIAS