TRADUTOR

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

quarta-feira, 3 de abril de 2013

REFLEXÃO 76 - A ÂNCORA DA ALMA


A ÂNCORA DA ALMA

"Portanto, há duas coisas que não podem ser modificadas, e a respeito
delas Deus não pode mentir. E assim nós, que encontramos a segurança
nele, nos sentimos bastante encorajados a nos manter firmes na esperança
que nos foi dada. Temos essa esperança como âncora para os nossos
corações" (Hebreus 6.18,19 - Bíblia na Linguagem de Hoje, Sociedade
Bíblica do Brasil).


Moacir Werneck de Castro escreveu, no Jornal do Brasil de 2-4-94
a sua crônica chamada "A Moça das Garrafas". Aconteceu no dia 31-3-
1964. A empregada, "boazinha e discreta... ao ouvir os gritos que vinham da
rua, já festejando a revolução e a queda do governo, endoidou. Começou a
jogar pela sacada garrafas de cerveja vazias, que tirava do engradado. Por
sorte, os projéteis não atingiram ninguém, apenas amassaram a capota de
um carro. Manifestantes entraram no prédio em busca de que seria
certamente um frustrado adepto do comunismo e da corrupção. Acabaram
localizando o apartamento e a moça, que tinha sido vista. Levaram a pobre
para a delegacia de polícia debaixo de pancada... A moça foi dada como
louca, foi solta daí a uns dois dias.
Logo se soube a razão da temeridade. A empregada era filha de um
trabalhador da roça, que sonhava ter um pedaço de terra para cultivar. Toda
a esperança da família repousava na reforma agrária, bandeira de Jango.
Aquele pessoa da rua estava comemorando o fim do sonho dos sem-terra.
Não ocorreu à moça outra coisa senão atirar garrafas em cima dos que
matavam a esperança".
Para esta moça, a perda da esperança era o fim de tudo.
Se o homem não pode viver sem esperança, onde deve buscar a
esperança?

A Bíblia responde: Jesus é a âncora da alma.

A ESPERANÇA DE JESUS É ÂNCORA PARA A HORA DA AFLIÇÃO

Dante Alighieri, em A Divina Comédia, escreveu que à porta do
Inferno estava escrito: "Perdei, ó vós que entrais, toda a Esperança". Para o
maior poeta italiano, o desespero é a essência do inferno. A ausência de
perspectiva deixa a alma encurralada num labirinto infernal.
Victor Frankl, que sofreu na pele as agruras do campo de
concentração, descobriu ali algo que depois se tornou muito importante em
seu trabalho profissional, na condição de psiquiatra: que os judeus que
nutriam alguma esperança de liberdade sobreviviam. Quem não tinha
esperança não agüentava o sofrimento. A constatação de Frankl só faz
evidenciar a verdade de um pensamento que diz:
"O homem pode viver até 40 dias sem comida, 3 dias sem
água, 8 minutos sem ar, mas apenas 1 segundo sem esperança".
Quando Marta se encontrou com Jesus, ela confessou: "Senhor,
se tu estiveras aqui, meu irmão não teria morrido" (Jo 11.21).
Paulo escreveu: "...temos posto a nossa esperança no Deus vivo
que é o Salvador de todos os homens, especialmente dos que crêem" (1Tm
4.10). Aos que não têm essa âncora, Paulo os menciona como "não tendo
esperança, e sem Deus no mundo" (Ef 2.12).
Na história do cinema, há um grande ator chamado Steve
McQueen."Ele fez sucesso com sua boa aparência e com sua personalidade
explosiva. Nos últimos anos de sua vida, travou combate contra o câncer.
Mas o seu maior inimigo não foi o câncer, mas sim, o cansaço de sua alma.
Por anos ele admitiu que sua religião era `a grama verde, o céu azul e
motocicletas'. Mas um amigo lhe disse que ele poderia ter um
relacionamento com Jesus Cristo, e a consciência de McQueen foi ferida.
Lutou muito antes de tomar a sua decisão, até que um dia ele se rendeu
calmamente a Cristo, achando assim a paz que Hollywood não lhe deu.
Embora tenha perdido sua batalha final para o câncer, ele ganhou a batalha
contra o desespero, e encerrou sua vida na terra cheio de confiança no
Senhor". (Proclaim, 4T91, p. 14).

McQueen colocou a âncora de sua alma em Jesus.

A ESPERANÇA DE JESUS É ÂNCORA PARA A HORA INCERTA

Todos temos acessos de dúvida lá uma vez ou outra. Será que a
vida vale mesmo a pena? Será que estou agindo corretamente? Será que
esta doutrina é confiável? O exemplo bíblico mais eloqüente disso é o de
Tomé.
A última visão que ele provavelmente tenha tido de Jesus foi a de
um homem ensangüentado, humilhado, morto e sepultado. Quando os
judeus rolaram aquela imensa pedra para a porta do túmulo, Tomé encerrou
ali dentro também as suas esperanças. Seus sonhos morreram com Jesus. O
gosto do fracasso estava em sua boca. Tudo não passou então de uma
fantasia? Afinal, investira três anos de sua vida num projeto chamado Jesus
para tudo terminar assim?
É preciso tentar entender o que se passava no coração frustrado
de Tomé para entender as suas palavras secas e incrédulas, ditas aos
companheiros quando lhe foram contar que viram Jesus redivivo: "Se eu
não puder ver o sinal dos cravos nas mãos dele, se não tocar ali com o meu
dedo e não puser a minha mão no lado dele, não acreditarei" (João 20.25b,
BLH).
A dúvida assalta o seu coração? Está achando que não vale a
pena continuar? Lembre-se: Jesus é âncora segura contra as ondas da
dúvida.
Algumas pessoas ancoram suas almas em refúgios falsos. O que
só faz reforçar a estratégia da dúvida. Paulo escreve a Timóteo e cita uma
tentação que os ricos sofrem, a de depositarem sua esperança no poder do
dinheiro. O que tem de milionário infeliz neste mundo não está escrito. O
que está escrito é: "Manda aos ricos deste mundo que não sejam altivos,
nem ponham a sua esperança na incerteza das riquezas, mas em Deus, que
nos concede abundantemente todas as coisas para delas gozarmos"
(1Timóteo 6.17).

A ESPERANÇA DE JESUS É ÂNCORA PARA A HORA DERRADEIRA

A esperança que Jesus traz não é como o carro funerário, que nos
abandona à beira do túmulo. É esperança que atravessa conosco os
portões da eternidade. Por isso Paulo disse: "Se é só para esta vida que
esperamos em Cristo, somos, de todos os homens, os mais dignos de
lástima" (1Co 15.19). Jesus é âncora presente e será âncora futura "para
todo aquele que nele crer" (Jo 3.16).
Houve um grande pregador no século passado chamado
Alexander McClaren, homem culto cuja exposição das Escrituras era de
acordo com as línguas originais. McClaren mesmo escolheu o seu epitáfio
com palavras que bem resumem a sua vida e traduzem a sua certeza:
"Em Cristo, em paz, em esperança"
McClaren sabia que "a vida com Cristo é esperança sem fim, mas
que a vida sem Ele é o fim da esperança" (Barclay). Por isso, ele ancorou em
Jesus a esperança de sua alma.
É diferente a situação daquele que não ANCORA a sua alma em
Jesus. Diz a Bíblia: "Morrendo o ímpio, perece a sua esperança" (Pv 11.7).
Disse um pregador-poeta que qualquer pássaro pode cantar em dia
ensolarado. O problema é o depois do sol, depois da juventude, depois da
saúde. "Morrendo o ímpio, perece a sua esperança".

A ESPERANÇA DE JESUS É ÂNCORA PARA EST A HORA

Não desejo falar tanto da morte quanto da vida. Há uma tendência
de as pessoas só pensarem em religião como uma experiência para depois
da morte. Com Jesus é diferente. Ele é âncora para você experimentar hoje.
Olhe o mundo à sua volta. Quanto desespero! Quanta ausência de
esperança! Mas se olharmos para Jesus e nele, somente nele, pusermos a
nossa inteira confiança, então viveremos e morreremos sob o signo da
esperança.
Há um quadro notável de um pintor chamado Frederick Watts. O
quadro chama-se Esperança. Watts pintou uma mulher de semblante triste e
desanimado, assentada no alto do globo terrestre. As costas estão
curvadas como se carregasse um fardo insustentável. O olhar de desespero
estampa-se em seu rosto.
Numa das mãos da mulher, Watts pinta uma lira. Mas há um
detalhe nesse instrumento que o pintor deseja ressaltar: todas as cordas
estão quebradas menos uma.
Quando alguém contempla esse quadro, logo se pergunta por que
Watts o chamou Esperança e não Desespero. Entretanto, logo descobre
que a resposta está na única corda da lira que não se quebrou (J. B. Fowler
in "Illustrating Paul's Letter to the Romans", James E. Hightower Jr.,
Compiler, Broadman Press, Nashville, p. 68).
Enquanto houver uma corda boa, haverá também a esperança de
que boa música seja produzida por esse instrumento.
Sim, amigo, talvez você, ao examinar a sua vida, ache que todas as
esperanças estão falidas. Quero desafiá-lo nesta hora a olhar para A
ÂNCORA QUE NÃO SE QUEBROU: Jesus. Torne-o o Senhor da sua vida.
Agora!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Translate

NOTÍCIAS