TRADUTOR

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

quinta-feira, 4 de abril de 2013

REFLEXÃO 77 - A APARÊNCIA VERSUS A ESSÊNCIA



A APARÊNCIA VERSUS A ESSÊNCIA
Lucas 14:1-14


O banquete era parte das festividades do povo judeu. Faziam-se banquetes em casamentos, na ocasião de desmamar o herdeiro, no período da tosquia. Cantores e dançarinos estavam muitas vezes presentes. Os convidados eram recebidos pelo dono da casa, que os abraçava, beijava-os nos lábios, ou nas mãos, joelhos e pés segundo a categoria do convidado. Os pratos eram servidos pela pessoa que presidia a mesa e era dada porção dobrada a quem se queria honrar. Perfumes eram oferecidos aos hóspedes.
Nós temos a tendência de nos impressionarmos muito com aparência das coisas. Numa festa, num jantar atentamos para quem está bem vestido, quem se relaciona bem, quem está alegre, e pensamos sempre que o íntimo de cada um corresponde ao seu interior. JULGAMOS PELA APARÊNCIA, a maioria das pessoas.
  1. No texto aparece uma série de coisas que poderiam desviar a nossa mente da essência das coisas para a simples aparência delas.
    1. Um convite para jantar (v.1)
    2. Quem convida é um homem importante e respeitado (v.1)
    3. Os convidados são pessoas religiosas, de boa conduta e respeitadas na sociedade (v.3)


  1. Mas, o que Jesus viu naquela celebração que ninguém podia ver?
    1. Ele viu uma amizade conveniente e não a genuína fraternidade (vs.12-14)
    2. Ele viu que aquele lugar era para muitos uma escadaria de ascensão social (vs.7-11)
    3. Ele não viu a beleza do lugar, nem o luxo do vestuário, mas a carência e a dor (v.2)

  1. Hoje pode acontecer a mesma coisa que aconteceu naquele banquete.
    1. Pessoas curiosas para ver o que acontece (v.1b)
    2. Pessoas que preferiam não falar em dor e carência numa festa de celebração (v.4a)
    3. Pessoas que não têm respostas diante da afirmação do amor de Deus (vs.5,6)
    4. Pessoas que podem ser curadas e ficarem em paz (v.4b)

AUTOR DESCONHECIDO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Translate

NOTÍCIAS