TRADUTOR

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

CRIAÇÃO 4 - A CRIAÇÃO DE DEUS

A Criação de Deus

Deus é o artista máximo. Deus olhou para a Sua criação enquanto se desenvolvia, e viu que era boa; quando Ele a terminou, viu que era "muito boa." O Grande Artista estava evidentemente satisfeitíssimo com o Seu mundo. Era um mundo cheio de objetos, formas e movimentos maravilhosos, um mundo com abundância de cores vivas e lindas como as do arco-íris e da rosa, texturas magníficas como o pelo do castor e as folhas da magnólia, odores muito agradáveis como o do marmelo e da madressilva, sons cheios como o do trovão e dos riachos a correr, e sabores deliciosos como os da melancia e do chocolate. Clyde S. Kilby
*
Deus, na Sua criatividade, não Se limitou a fazer o mínimo necessário para terminar o trabalho, Ele foi muito além. As borboletas nas florestas tropicais, raramente vistas pelos olhos humanos, são criaturas de uma beleza extasiante. A transparência delicada da medusa, e as asas do beija-flor são inigualáveis. 

Le Roy Koopman

*

Você, por exemplo, é sustentado por um entrelaçado fabuloso de músculos flexíveis, tendões e cartilagens, todos bem aconchegadi-nhos dentro de um invólucro enorme denominado pele, que por sua vez é composta de literalmente bilhões de células, cada uma delas maravilhosamente atarefada a cada segundo, se desgastando, eliminando e depois se recompondo.

E mesmo assim, você nem dá muito valor ao seu corpo, a não ser que haja algum problema.
Até mesmo o Salmista percebeu há séculos atrás: "De um modo ter-rível e tão maravilhoso fui formado" (A Bíblia, Salmo 139:14).
Parte da maravi-lha é que isso raramente é motivo de preocupação. Você quase nunca relembra o seu pulso: "Pelo amor de Deus, pulse!" Ou o seu coração: "Você bateu? Você contou as batidas? Quantas por minuto? Cinco litros por minuto, espero. Trezentos por hora, lembre-se!" Ou a cada gota de sangue: "Você está fazendo o seu excitante percurso de 272 quilômetros pelos canais e vasos sanguíneos em três minutos?" Ou para as suas pálpebras: "Vocês piscaram? E os meus canais lacrimais estão lavando a poeira dos meus globos oculares regularmente?"
E o que é melhor, e você deveria se sentir abençoado, é que em vez do Criador têlo feito constrangedoramente alto para conter os 10 a 12 metros de tubos do seu sistema digestivo e renal, Ele os enrolou enge-nhosamente e colocou tudo dentro de um compartimentozi-nho de uns meros 320 centímetros cúbicos.
Portanto, talvez seja bom dizer ao seu cérebro: "Pondere!"Porque seu corpo é um templo feito para adoração e ação de graças. Você vive tão despreocupado sem pensar em todos esses deta-lhes, no entanto tem muito pelo que ficar profundamente agradecido a cada momento de cada dia.

*
Toda a criação é um dedo estendido apontando para Deus.
*
A criação é a obra das mãos de Deus e aponta para Ele. (Cf. Bíblia, Gênesis 1:1; João 1:1; Hebreus 1:10.)
*
Quem fez isso?

Muitos anos atrás Isaac Newton tinha uma réplica exata em miniatura do nosso sistema solar. No seu centro estava uma grande bola dourada representando o Sol, e girando ao seu redor encontravam-se esferas menores presas às extremidades de hastes de diferentes comprimentos. Elas representavam Mercúrio, Vênus, Terra, Marte e os outros planetas. Esses estavam todos interligados por cor-reias e engrenagens para que pudessem se mover ao redor do "Sol" em perfeita harmonia.
Um dia enquanto Newton estudava o modelo, um amigo que não acreditava na versão bíblica da criação apareceu para uma visita. Ao observar o cientista fazendo os corpos celestes se moverem em suas órbitas e maravi-lhado com a invenção, o homem exclamou: "Puxa, Newton, que coisa bem feita! Quem fez isso para você?"
Sem levantar a cabeça, Isaac Newton respondeu:
"Ninguém."
"Ninguém?" perguntou seu amigo.
"É! Ninguém! Todas estas engrenagens, cor-reias e engates simplesmente se ajuntaram aqui e, por incrível que pareça, começaram a girar por acaso em suas órbitas fixas e perfeitamente sincronizadas."
O incrédulo entendeu o recado! Era tolice supor que a maquete pura e simplesmente aparecera do nada. Mas era ainda mais insensato aceitar a teoria de que a Ter-ra e o vasto Universo vieram a existir por acaso. 
Richard W. DeHaan

*
Afirmar que um mundo tão intrincado como o nosso se formou por acaso a partir do caos é tão ir-racional como dizer que os dramas de Shakespeare foram escritos por macacos totalmente descontrolados dentro de uma gráfica.

Merrill C. Tenney

*
Lord Kelvin (1824-1907), por cujo nome é conhecida a escala de temperaturas absolutas, é famoso pelo seu traba-lho no primeiro cabo telegráfico transatlântico e por formular a Segunda Lei da Termodinâmica. Ele disse: "O começo da vida sobre a Terra com toda certeza não aconteceu graças a ne-nhuma ação química ou elétrica ou a um agrupamento cristalino de moléculas. Devemos parar e refletir diante do mistério e milagre da criação dos seres vivos."

Quanto a mim, a fé começa com o fato de percebermos que uma inteligência suprema deu vida ao Universo e criou o homem. Não é difícil para mim ter essa fé, pois é incontestável que onde existe um plano existe uma inteligência. Um Universo que se revela ordenadamente comprova a verdade da declaração mais sublime já proferida: "No princípio, Deus..." 
Dr. Arthur Compton (Prêmio Nobel de Física)

*
Tudo o que vi me ensina que devo confiar em Deus por tudo que não vi.
*
Cego  

"Mostre-me seu Deus!" diz o descrente,
Eu lhe mostro as cores do sol poente;
Mostro-lhe as árvores de fruta madura;
Mostro-lhe cenas de paz e candura;
Mostro-lhe a neve e a frescura do ar;
Mostro-lhe as ondas revoltas do mar;
Mostro-lhe a serra serena e escarpada;
Peço-lhe pra ouvir o canto da passarada;
Mostro-lhe flores garridas, formosas -
Os lírios, as violetas, as rosas;
Mostro-lhe ribeiros de água cristalina;
Mostro-lhe meninas cheias de vida;
Mostro-lhe trabalhadores na sua lida;
Mostro-lhe as estrelas, o sol e a lua;
Mostro-lhe atitudes gentis e ternura;
Mostro-lhe alegria e sou amistoso;
Mas ele permanece com seu ar duvidoso;
E sem fé segue seu caminho, sem crer,
Pois é cego de alma e não pode ver!


*
Como por trás de cada relógio teve que haver um relojoeiro, também por trás da precisão intricada deste grande Universo teve que haver um Arquiteto e Criador!


AUTOR DESCONHECIDO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Translate

NOTÍCIAS