TRADUTOR

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

quinta-feira, 3 de abril de 2014

REFLEXÃO 186 - A ESSÊNCIA DA VERDADEIRA PROFECIA

A Essência da Verdadeira Profecia

"Há tanta espécie de vozes no mundo, e nenhuma delas é sem significação." (I Cor. 14.10). "Acautelai-vos, que ninguém vos engane."(Mt.24.4). "Não creiais em todo espírito, mas provai se os espíritos são de Deus. Porque já muitos falsos profetas se têm levantado no mundo." (I Jo.4.1).
Como podemos saber se um profeta é de Deus ou não? Existem muitas pessoas por aí assombradas com as previsões de Nostradamus e de tantos outros videntes. Será que suas mensagens são de Deus? O apóstolo Paulo ensinou aos coríntios que as profecias devem ser julgadas. Vejamos alguns parâmetros bíblicos para analisarmos toda e qualquer mensagem profética que ouvirmos:

Toda profecia de origem divina é inspirada pelo Espírito Santo. Jesus disse que, quando o Espírito Santo viesse, ele convenceria o mundo do pecado, da justiça e do juízo. E disse mais: "Ele me glorificará, porque há de receber do que é meu." (João 16.8,14). Portanto, a mensagem do Espírito Santo terá como objetivo final a glorificação da pessoa de Jesus Cristo. Tudo que ele disser terá esse fundamento. Sua mensagem para o mundo sempre mostrará o pecado, a justiça e o juízo. Mostrará o erro, avisará sobre suas conseqüências e também apresentará o caminho para a salvação: Jesus Cristo. Todo profeta, cujas mensagens não se enquadrarem nestes requisitos, estará automaticamente desqualificado. Não pode ser considerado como profeta de Deus.
As profecias de Nostradamus apontam o pecado? Não. Elas convocam as pessoas ao arrependimento e à salvação em Cristo? Não. Aliás, esse homem nem era um cristão. Por aí já tiramos nossas conclusões.
Mas, como explicar o fato de algumas profecias de não cristãos terem se cumprido? Sobre isso podemos dizer: O Diabo não é onisciente, mas ele sabe de algumas coisas sobre o futuro. Ele sabe aquilo que Deus permitiu que chegasse ao seu conhecimento. Então, o Maligno usa isso para impressionar e para enganar as pessoas. Em outros casos, o Diabo fala que vai acontecer algo, porque ele mesmo planejou aquilo e vai fazer de tudo para que aconteça. Isso, às vezes, acontece em relação às previsões de pessoas comprometidas com o mal. Logicamente, o Diabo só conseguirá fazer aquilo que Deus permitir. E, muitas vezes, o Senhor permite que Satanás cumpra suas previsões de tragédias na vida de algumas pessoas. Por quê? Porque essas pessoas fizeram algum tipo de negócio com o Inimigo e ele passou a ter alguns direitos sobre elas. Então, ele diz: "Você vai morrer em tal circunstância..." e, em seguida, ele mesmo tomas as providências para que a pessoa morra daquela forma.
Estejamos atentos para não sermos enganados pelos falsos profetas. Que a palavra do Senhor habite em nós abundantemente, pois ela é a fonte de todo o conhecimento de que necessitamos para a nossa salvação eterna.


AUTOR DESCONHECIDO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Translate

NOTÍCIAS