TRADUTOR

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

MENSAGEM 6 - ALÉM DE MIM MESMO: A ORAÇÃO DO DISCÍPULO 5ª Parte: Seja Feita a Tua Vontade, assim na terra como no céu

ALÉM DE MIM MESMO: A ORAÇÃO DO DISCÍPULO
5ª Parte: Seja Feita a Tua Vontade, assim na terra como no céu - Mt 6.10

Introdução: Em nosso último encontro nós analisamos a expressão “venha a nós o Teu Reino” dentro da nossa série “Além de Mim Mesmo: a oração do Discípulo”. Nessa série estamos refletindo sobre a oração do Pai Nosso, a qual passamos a chamar “a oração do discípulo”. Hoje nós vamos refletir na terceira petição “Seja Feita a Tua Vontade, assim na terra como no céu” (v.10). Podemos destacar três verdades de cara nesta frase:

Ø Seja feita a Tua vontade...,
A primeira afirmação que gostaria de destacar é que, Jesus, ao nos ensinar a fazer esta petição, está nos levando a reconhecermos a soberania de Deus sobre nós e a reconhecermos, também, que a vontade de Deus é a melhor para nossas vidas, por isso devemos nos render a ela: Seja feita a vontade de Deus Pai.

Ø ..., assim na terra...
A segunda afirmação que podemos destacar é que o texto também nos informa que é desejo de Jesus que a vontade do Pai seja feita na terra, assim como ela é feita no céu. Na terra ultrapassa os limites de nossa individualidade, isto é, Jesus deseja que a vontade do Pai seja estabelecida em todas as dimensões terrenas: nas relações governamentais, sociais e econômicas.

Ø ...como no céu.
A terceira afirmação que gostaria de destacar é que o texto nos indica que no céu a vontade de Deus é feita.


Qual a vontade de Deus? Acredito que poderíamos facilmente enumerar algumas vontades de Deus que estão claras em Sua Palavra e que nos tornamos indesculpáveis quando não a cumprimos:

1.       1 Ts 4.3Pois esta é a vontade de Deus, a vossa santificação...
2.       Hb 12.14Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor.
3.       Mc 16.15E disse-lhes: Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura.
4.       Lc 6.36Sede misericordiosos, como também é misericordioso vosso Pai.
5.       Lc 6.37 – Não julgueis, e não sereis julgados; não condeneis, e não sereis condenado; perdoai, e sereis perdoados.
6.       Etc.

Entretanto, quando eu estava pensando a respeito da vontade de Deus, me ocorreu a seguinte pergunta: “Qual é a vontade primária de Deus com relação ao homem?” “Qual é a vontade prioritária de Deus para sua vida?” Será que a grande vontade de Deus é estabelecer Seu Reino entre nós? É nos salvar deste mundo tenebroso? É nos fazer felizes?
A primeira resposta que meio veio à mente é que a vontade prioritária de Deus é salvar o homem do pecado (1 Tm 2.4 – o qual deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao pleno conhecimento da verdade). Jesus veio ao mundo para salvar o homem. O Filho de Deus se fez carne, sofreu e morreu numa cruz para que pudéssemos ser restaurados em nossa comunhão com o Pai. Quando lemos os evangelhos percebemos claramente que esta era a vontade de Deus para a vida de Jesus, pagar o preço exigido pela Lei do Pecado, e logo podemos concluir que é vontade de Deus salvar a humanidade da condenação gerada pelo pecado de Adão.
Contudo esta resposta não trouxe paz ao meu coração, porque logo percebi que o desejo de Deus de salvar o ser humano surgiu porque o homem se desviou da vontade prioritária do Pai no Éden. Jesus veio ao mundo e morreu numa cruz porque pecamos.
Seria então a vontade prioritária de Deus estabelecer Seu Reino? Não! Se Deus desejasse tanto estabelecer Seu Reino, acima de qualquer outra coisa, Ele já O teria feito. Quem pode impedir o agir de Deus? Ninguém.
Não fique triste com o que eu vou falar, mas também não é a prioridade de Deus fazer você feliz, restaurar seu casamento, curar sua doença, embora Ele possa fazer tudo isso, e creio que Deus fará isso por você com alegria, entretanto essas não são prioridades maiores para Ele com relação a sua vida.
A vontade primária do Pai com relação ao homem, com relação a mim e a você, está manifestada na criação: Deus deseja viver plena comunhão com o homem. Deus deseja ter plena comunhão comigo e com você. Para que Deus possa ter plena comunhão conosco, Ele trabalha para nos tornar a imagem de Jesus Cristo, Seu Filho, pois somente desta forma Sua vontade será realizada aqui na terra como no céu. Somente quando o homem tiver maturidade, como a de Jesus Cristo, a vontade de Deus de ter plena comunhão comigo e com você se tornará possível hoje.
Existem duas grandes ferramentas para que possamos alcançar esta maturidade e vivermos esta comunhão: oração e meditação na Palavra de Deus. Destas duas eu acredito que a oração é a que me leva a maior comunhão e experiência com Deus, contudo o conhecimento adquirido por meio da Palavra de Deus me impede de ser enganado pela voz do inimigo. A Bíblia me ajuda a adquirir conhecimento de Deus e a tomar decisões que agradem a Deus, mas a oração me leva a ouvir Deus de uma maneira única. Os grandes homens da fé, descritos no livro de Hebreus, não tinham as escrituras como ha temos hoje, entretanto conheciam a Deus de uma forma única e experimentavam de sua glória como muitos hoje não a experimentam.
Houve um tempo que eu tirava quatro horas do dia para orar, me levantava as 04:00hs da manhã e permanecia orando até as 08:00hs da manhã, todos os dias. Este foi um tempo maravilhoso, experimentei coisas de Deus maravilhosas demais. Vou compartilhar uma experiência que vivencie neste período. (Ilustração: Trabalhei na loja do meu pai, por um período como vendedor de calçados. Neste período eu tirava 15 minutos da tarde para tomar cafezinho. Eu tomava este café em uma lanchonete próximo da loja, onde eu trabalhava, e costumava ir com o gerente da loja, Ivan, que era meu amigo, e é ainda hoje mais que um amigo. Quando chegamos na lanchonete eu e o Ivan falávamos a respeito do que Jesus estava fazendo em nossas vidas. Quando fomos interrompidos pela garçonete, que creio nos ouviu falando de Jesus, e nos pediu que orássemos por sua sobrinha que estava enferma e desenganada pelos médicos. Imediatamente ouvi a voz do Espírito de Deus em meu interior e olhei para aquela garçonete e disse-lhe: Daqui há três dias sua sobrinha receberá alta do hospital. Ela sairá cheia de vida, essa é a mensagem de Deus para você. Passado alguns dias nós voltamos para aquela lanchonete para tomarmos nosso cafezinho da tarde. Quando entramos aquela garçonete veio em nossa direção sorridente, e nos disse: Minha sobrinha recebeu alta do hospital três dias depois conforme vocês me falaram. Muito obrigado. – Deus fez algo maravilhoso, sua vontade para aquela vida foi revelada, porque estávamos em oração horas após hora, após hora.   .Café com Ivan).
A fé não está separada da oração. À medida que minha fé se desenvolve, mais ousadas se tornam minhas orações. Quanto mais respostas de orações vivencio, mais a minha fé cresce.
Deus quer nos levar a maturidade espiritual, essa é a vontade maior Dele, para que possamos viver experiências, como essa, todos os dias de nossas vidas. Jesus vivenciava experiências como essa, com o Pai e com o Espírito Santo, como se fosse algo comum, natural, porque Ele tinha maturidade espiritual. Sua relação com o Pai era plena, ao ponto de serem um, e a oração de Jesus é que nos tornemos um com Ele, como o Pai é um com Ele.
Portanto posso afirmar sem dúvida nenhuma que a vontade do Pai é que você amadureça, para que Ele possa ter plena comunhão com você, e por meio dela todas as demais bênçãos virão sobre sua vida. Veja o que diz Efésio 4.11-13.
Tiago 4.3Pedis, e não recebeis, porque pedis mal, para esbanjardes em vossos prazeres. Creio que este texto está nos dizendo que nossas orações não são respondidas porque não estão alinhadas com a vontade de Deus, e isto se deve em muito pela nossa falta de maturidade. Aquele que busca seu próprio prazer demonstra sinal de imaturidade.
Deixe-me exemplificar o que estou dizendo: Exemplo 1: “Seu casamento está ruindo e você ora a Deus para que Ele restaure seu casamento. Então Deus ouve sua oração, Ele pega Seu tablet e verifica que você tem sido reprovada na matéria “submissão”. O que você acha que Deus irá fazer? Ele irá restaurar seu casamento do nada ou irá tratar com você nesta matéria?”
Deus deseja restaurar seu casamento sem dúvida. Contudo Deus deseja sua maturidade acima de tudo, porque sua maturidade irá fazer com que seu casamento seja restaurado. Orar para que seu casamento seja restaurado, sem aprovação da matéria “submissão” é pedir para esbanjar em seu prazer, é desejar a felicidade de forma egoísta, pois você não aprendeu a servir seu esposo como deveria. É ser feliz a custa da infelicidade dele.
Deus deseja sua maturidade espiritual, Deus trabalha para que você possa se tornar como Cristo, e desta forma poder ter um relacionamento pleno com você, capacitando-o a desenvolver um relacionamento pleno com aqueles que estão próximo de você.
Exemplo 2: Você ora pedindo livramento. Deus olha no tablet e vê que você ainda não foi aprovado na matéria que o aflige. O que você acha que Deus fará? Te aprovará mesmo tendo você sido reprovado? Romanos 8.28 – Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito. Deus vai fazer o bem a você. Contudo fazer o bem significa conduzir você ao propósito Dele, levar você a maturidade e não ao seu querer. Deus faz o bem com o propósito que está na agenda Dele e não na sua agenda pessoal.

Conclusão: Eu concluo convidando você a não mais buscar a felicidade, mas a buscar a maturidade. Construa o futuro optando pela maturidade. Busque se tornar a cada dia mais parecido com Jesus.
O homem de Nazaré, Jesus, é o grande modelo do homem maduro em todos os aspectos da vida. Você não alcançara felicidade se não alcançar a maturidade. Somente pessoas maduras são capazes de se alegrarem com a vida e suas desavenças, porque somente pessoas maduras são capazes de se relacionarem com Deus de forma plena e viverem a vontade de Deus plenamente.
Deus deseja se relacionar plenamente com você, conversar com você todos os dias, assim como Ele conversava com Jesus histórico. Você deseja viver uma comunhão plena com Deus? Somente quem ora, hora após hora e lê diariamente a Palavra de Deus, alcança a maturidade e junto com ela a comunhão plena com Deus. Quem ora “seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu”, ora para que Deus o conduza a maturidade espiritual.

Pr. Cornélio Póvoa de Oliveira

31/08/2014

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Translate

NOTÍCIAS