TRADUTOR

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

quarta-feira, 8 de abril de 2015

REFLEXÃO 265 - A IMATURIDADE

A imaturidade

Conduta irresponsável, sem visão, precipitada e egoísta muitas vezes é prova de imaturidade. Mas não nos referimos a anos. Pessoas com sessenta anos ou mais podem ser imaturas – comportando-se como crianças quando não conseguem o que querem, ou quando são obrigados a enfrentarem as realidades desta vida. São incapazes de serem objetivos, seu orgulho é facilmente ferido e fazem pirraça. Se já é ruim numa vida secular, pode ser trágica na igreja.

A maturidade no conhecimento bíblico é encontrada naqueles que habitam em algo além dos princípios elementares (Hebreus 5:12-6:20). Eles aprenderam que a justiça, misericórdia e fé são as bases nas quais suas preocupações com dízimo de hortelã, endo e cominho terão validade. Ignore o primeiro e a pessoa se torna hipócrita (Mateus 22:23-24). Ela pode coar o mosquito e engolir um camelo.
Maturidade para lidar com pessoas vem apenas depois de reconhecermos que somos pecadores, e formos completamente humilhados perante Deus. A “criança” procura um “problema” para poder fazer um escândalo e talvez conseguir um nome para si. Mas a maturidade procura almas, esperando dar-lhes o céu e as salvar. A “criança” se vê como um general no exército do Senhor; o santo maduro é um servo sacrificável do Senhor.
A maturidade na doutrina não negocia com o erro. Simplesmente é sábio o suficiente para saber que não sabemos tudo. A criança passeia alegremente pela superfície da água, proclamando altamente seu domínio dos mares; mas a maturidade está ciente das profundezas não-exploradas abaixo. O tolo tem uma resposta; o sábio, um motivo.
Paulo disse a Timóteo para fugir “das paixões da mocidade” e repelir “as questões insensatas e absurdas” (2 Timóteo 2:22-23). Não há “maturidade instantânea” para nenhum de nós. Devemos começar com instruções para os jovens e “pela prática” podemos crescer em Cristo. Todos nós estamos no processo de muitos aspectos da vida cristã, não tendo obtido (Filipenses 3:12-16). Podemos ser pacientes e tolerantes com as crianças espirituais sem os escolher como presbíteros, pregadores e professores. Com tempo, e leite e cuidado suficiente, podemos aprender a agir como homens.
–por Robert Turner

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Translate

NOTÍCIAS