TRADUTOR

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

REFLEXÃO 309 - A MARAVILHOSA GRAÇA DE DEUS

A maravilhosa graça de Deus

01) A palavra "graça" significa "favor"; graça de Deus, quer dizer "favor de Deus". Entendemos como "graça de Deus" a benignidade do Senhor, nosso Salvador; graça é o amor de Deus para com os homens, independentemente das nossas obras.

02) Tt 3:4-7 --- É pela graça que somos justificados, não por obras.


03) Paulo disse em Tt 2:11 que a graça de Deus se manifestou salvadora a "todos os homens". Então sabemos que a graça de Deus não é para alguns "escolhidos" como alguns pastores erroneamente têm ensinado.

04) Em Ef 2:1-10 Paulo fala sobre a manifestação da graça de Deus. Fica esclarecido aqui que a salvação é conseguida única e exclusivamente mediante a fé; é dom de Deus através da graça.

05) Aí está a diferença entre as dispensações da "lei" e da "graça": na lei, Deus exige justiça da parte dos homens, enquanto na graça Deus dá justiça a todos os que crêem (ver Rm 3:21-26).

06) A Palavra de Deus diz que Jesus nos livrou da lei do pecado e da morte (ver Rm 8:1-4)

07) O homem não é justificado por obras da lei, e sim mediante a fé (ver Gl 2:16).

08) Na "lei" ninguém será justificado (ver Rm 3:19,20).

09) A lei não deixou de existir; veja o que Jesus disse: Mt 5:17,18.
Paulo ensinou que a "lei" não deve ser anulada (ver Rm 3:31)
Ele disse também que a "lei" é santa (ver Rm 7:12)

10) A "lei" não pode ser aplicada a nós, os salvos (ver Rm 10:4)
A Biblia ensina que Cristo nos resgatou da "lei" (Gl 4:4,5)
Em Gl 3:13 a Bíblia ensina que Cristo nos resgatou da maldição da lei.
Paulo ensinou que nós, os salvos, estamos mortos para a lei (ver Rm 7:4 e Gl 2:19)
A "lei" não pode ser aplicada a nós, porque não seremos julgados (ver Jo 5:24)

11) Os que pecam na "lei", mediante lei serão julgados (ver Rm 2:11-13), pois os que não crêem não podem usufluir das benéfices da graça de Deus.
Se os que não crêem não estão sob o efeito da graça, terão de ser julgados pelas suas obras (ver Ap 20:12,13).

12) Se estamos sob o maravilhoso efeito da "graça de Deus", pela fé somos salvos. Paulo disse que o pecado não terá domínio sobre nós, mas fez uma séria advertência (ver Rm 6:14-18).
Nos versículos 22 e 23 percebemos que Paulo adverte "os salvos" sobre as consequências do pecado, ficando claro que de certa forma o pecado nos afasta de Deus. Ninguém pode sentir-se no direito de pecar por estar sob o efeito da "graça".


Síntese
Graça é a benignidade do Senhor; o favor de Deus.
É unicamente pela graça que somos salvos, mediante a fé.
A graça de Deus se manifestou salvadora a "todos os homens".
Na graça Jesus nos livrou da lei do pecado e da morte.
Jesus nos resgatou da lei; estamos mortos para a lei.
A lei não foi revogada, continua em vigor e será o instrumento pelo qual os ímpios serão julgados.
Paulo adverte que mesmo sob a graça, ninguém tem o direito de pecar.


AUTOR DESCONHECIDO
(não me responsabilizo pela posição e/ou leitura teológica do autor)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Translate

NOTÍCIAS