TRADUTOR

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

quinta-feira, 9 de março de 2017

ESTUDOS 130 - A MULHER CONTROLADA PELO ESPÍRITO

A Mulher controlada pelo Espírito 

Tipo: Estudo Bíblico / Autor: Autores diversos


ESTUDO - "O FRUTO DO ESPÍRITO"

"Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio. Contra estas coisas não há lei." (Gálatas 5:22,23) - (Efésios 5:9) - (Romanos 6:22).

O fruto do Espírito é a verdadeira característica da vida cristã. Pelo fruto do caráter, manifestado em sua vida diária, é que o cristão dá evidência da vida de Cristo em seu interior (Mateus 7:16b-20).

O propósito da árvore é produzir fruto. Jesus não tinha lugar para a árvore infrutífera. As verdadeiras virtudes cristãs são fruto do Espírito e não do esforço humano. Temos o fruto do Espírito quando temos o Espírito. Só podemos produzir o fruto quando vivemos em harmonia e cooperação com o produtor do fruto. O FRUTO DO ESPÍRITO É O CARÁTER DE CRISTO, PRODUZIDO PELO ESPÍRITO DE CRISTO NO SEGUIDOR DE CRISTO.

Só quando estamos cheios do Espírito é que manifestamos a plena frutificação das virtudes cristãs. O maior tesouro do crente é esta corrente dourada composta de nove preciosos elos, no qual está gravado o "FRUTO DO ESPÍRITO".

O Contraste Entre "Obras da Carne" e o "Fruto do Espírito" Gálatas 5:19-21.

O Fruto do Espírito é visto, não pode ser escondido. Assim também são as "obras da carne". Um homem cheio do Espírito pode ser reconhecido pelo seu fruto. O homem carnal pode ser identificado por suas obras.

OBRAS (carne) - FRUTO (Espírito)

- Oficina do diabo - Jardim de Deus

- Engenhosidade/Fábrica - Crescimento/Vida Abundante

- Matérias Mortas - Forças vivas para um fim

- Não há vida nas pedras, tijolos, - Não é produzido pelo trabalho do homem

vigas de aço, suporte de ferro (cuidado) (não é sua invenção)

- Morto - em processo de desintegração - O fruto é obra de Deus

O Segredo para Produzir "Fruto" João 15:1-8 - (Não produz - lançado fora (v. 6))

Permanecer em Cristo - (v. 4,5)

Muitos são batizados com o Espírito e deixam de avançar. Os gálatas e os coríntios receberam a unção, mas careciam de amor. Experimentaram a plenitude mas não viviam nela. O ser batizado no Espírito em uma única experiência não é a coroação da vida cristã.

O objetivo principal de uma vida diária, cheia do Espírito, abundante do fruto do Espírito. Se o Espírito é entristecido e apagado ao andarmos na carne, podemos esperar uma vida sem fruto.

João 15:2 - "Todo ramo que dá fruto, limpa, para que produza mais fruto ainda." Processo de "poda". Cada ramo que não dá fruto é podado a fim de frutificar mais ainda.

"Podar" é disciplinar, e isto não é fácil para nós. (Hebreus 12:11).

Diferença entre Dons e Fruto do Espírito

Dons - qualificações espirituais (o que a pessoa pode fazer no serviço do Senhor)

Fruto - caráter espiritual (o que a pessoa é no Senhor)

Dons - vem com o Batismo com o Espírito Santo.

Fruto - vem no Novo Nascimento e Permanecer em Cristo.

Dons - recebidos instantaneamente

Fruto - desenvolve gradualmente

Dons - (por si mesmo) não são um meio de julgar a profundidade de nossa vida espiritual, mas o

Fruto - é o critério básico de desenvolvimento da vida e caráter espiritual.

Dons - são certas capacidades espirituais, concedidas pelo Espírito Santo, no reino espiritual, segundo a sua escolha divina, para serem usados no serviço espiritual.

Fruto - nada tem a ver com o que o indivíduo possa fazer no serviço do Senhor.

Dons - são concedidos pelo Espírito Santo (I Coríntios 12:11), instantaneamente (Atos 2:4, Atos 19:6).

Fruto - é resultante de um desenvolvimento lento e gradual.

Muitos olham com reverência alguém que possua muitos dons do Espírito, como se isso indicasse um indivíduo super-espiritual, mas o dom em si não significa isto e sim o fruto.

Ex: I Coríntios 1:7 - Coríntios

I Samuel 10:10,11 - I Samuel 16:14 - I Samuel 19:23,24 - Saul

Existe variedades de dons, mas um só fruto do Espírito - (I Coríntios 12:8-10 - 9 dons)

Romanos 12:6-8 - Efésios 4:11 - I Pedro 4:10 - Outros Dons

O AMOR e oito características deste fruto.

Para D.L.Moody:

"A alegria é o amor exultando

A paz é o amor em repouso

A
longanimidade é o amor que não se cansa

A benignidade é o amor que suporta

A bondade é o amor em ação

A
fé é o amor no campo de batalha

A mansidão é o amor sob disciplina

O domínio próprio é o amor sendo treinado."

Amor - "Mas o fruto do Espírito é o amor..." Gálatas 5:22

Principal característica do cristão (I João 4:7,8). O amor é a evidência de que a pessoa é de Deus. Interiormente e externamente. Jesus disse (João 13:35 e Lucas 6:27,28).

Este amor não pode ser produzido por esforço humano. Um amor assim é produto do amor de Deus derramado pelo Espírito Santo (Romanos 5:5). Estar cheio do Espírito é estar cheio de amor.

Alegria - "Porque o reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça e paz, e alegria no Espírito Santo" (Romanos 14:17).

A alegria é a reação do amor às misericórdias, bênçãos e benefícios de Deus. Não depende das circunstâncias, confia em Deus mesmo nas circunstâncias mais penosas. Quando o Espírito nos enche, a alegria do Senhor transborda em nós, pois "na tua presença há plenitude de alegria" (Salmos 16:11).

Paz (Romanos 14:17)

A paz é mais profunda e constante que a alegria. Jesus disse: (João 14:27). O fruto do Espírito, a paz, é uma característica interior que se manifesta em relação pacífica com os outros. Significa libertar-se de um espírito agressivo, contencioso ou partidário. Ela busca viver em harmonia para com todos.

Longanimidade - paciência.

Não é uma característica predominante do espírito humano. A maioria de nós carece desta graciosa virtude. Ela é, porém, um traço muito especial do caráter de nosso amoroso Senhor, e precisamos nos aproximar cada vez mais dEle, para que esta graça esteja em nós. Como o cristão precisa da ajuda do Espírito Santo nesta área de semelhança com Cristo! (Tiago 1:4). O Senhor é paciente conosco para que sejamos pacientes com os outros. (II Pedro 3:9, Salmos 86:15).

Benignidade - delicadeza.

É quando somos amáveis com os outros, tratando com delicadeza. Por mais firme que alguém deva tornar-se na reprovação, jamais terá de tornar-se maldoso. (I Coríntios 13:4).

Bondade - (Efésios 5:9)

Atos de bondade, bondade mostrada a outros. "Bondade é o amor em ação". É amor beneficiando a outros. Quando o Espírito Santo invade o ser, existe um fluxo de bondade em direção a todos os homens.



Fidelidade de caráter e conduta produzida pela fé. Fé nas pessoas, quando não somos desconfiados e nem infiéis.

Mansidão - Jesus disse (Mateus 11:29)

Mansidão é lentidão em irar-se e ficar ofendido. Os mansos não são violentos, ruidosos ou agressivos. Eles não brigam, não discutem, nem contendem. Mateus 5:5

Domínio Próprio - autocontrole.

É o verdadeiro amor a si mesmo. Significa autocontrole completo, sobre a ira, paixão carnal, apetites, desejo de prazeres mundanos e egoísmo.


Ao resumir o tema do fruto do Espírito, é enfatizado que essas características não são impostas ao cristão externamente, mas resultam da vida de Cristo em seu interior. Elas descrevem o caráter de Jesus Cristo na vida do crente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Translate

NOTÍCIAS