TRADUTOR

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

quinta-feira, 27 de abril de 2017

ESTUDOS 138 - A NECESSIDADE DE APROPRIAÇÃO

A Necessidade de Apropriação
Apocalipse 3.18

“Dou-lhe este conselho: Compre de mim ouro refinado no fogo, e você se tornará rico; compre roupas brancas e vista-se para cobrir a sua vergonhosa nudez; e compre colírio para ungir os seus olhos e poder enxergar”. – NVI
 

Introdução

Não vou fazer exatamente um sermão hoje... vou lhes contar algo que o Senhor me tem ensinado ultimamente.
 
Que você acha: Há coisas que, como crentes, temos que “comprar” do Senhor?
O texto diz que temos que comprar ouro refinado no fogo, roupas brancas e colírio (estas palavras estão todas com conceito espiritual).
“Ouro refinado no fogo”, é a verdadeira riqueza (vai nos dar abundância na terra e tesouros no céu).
No mundo físico, quem é rico tem muito poder (não é?): a pessoa pode comprar tudo o que este mundo oferece, pode fazer muita coisa que um pobre não pode.
No mundo espiritual, a riqueza também significa poder (mas uma riqueza e poder diferente (João Batista profetizou que Jesus batizaria com o Espírito Santo e com fogo; Jesus disse que esse batismo era um batismo de poder)
É isso: o poder espiritual é algo que temos que comprar – mas nessa compra, o que nos cabe é apenas receber, porque o pagamento já foi feito, na cruz! Aleleuia!
O texto também menciona “roupas brancas”. Isto se refere à purificação do nosso velho homem (ou homem natural).
Nossas vestes espirituais precisam ser purificadas, alvejadas (isto é conseguido através do processo de cura interior [para a alma] e de libertação [para o espírito]).
O “colírio”, finalmente, é o antídoto ao engano com que fomos enganados, no passado, por Satanás, que trouxe trevas à nossa visão.
Esse colírio purificará os nossos olhos de todo choro. Aleluia!

Agora, a Palavra está dizendo que isto precisa ser “comprado”; que precisamos TOMAR POSSE ou nos APROPRIAR delas... vamos ver o que isto significa, mas antes:
 
SAIBA QUE A OBRA DE JESUS NA CRUZ FOI COMPLETA
Jesus realizou na cruz uma obra completa. Ele mesmo clamou: “Está consumado!”
E na cruz, Jesus conquistou, para nós, bênçãos tais como:
Ele nos trouxe a salvação, a vida eterna;
Ele levou sobre si as nossas dores e enfermidades (a Bíblia diz: “...por suas chagas, fostes sarados”, 1Pe 2.24).
Ele nos trouxe a cura interior, uma vez que pela obra da cruz Ele sofreu o castigo que nos traz a paz e sarou, assim, nossas feridas de alma – Isaías diz: “O castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados”, Is 53.5.
Ele também levou sobre si as maldições da lei. A Bíblia diz que “Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se ele próprio maldição em nosso lugar”, Gl 3.13.
 
Todas essas coisas Jesus conquistou para nós na cruz! Aleluia?
Todas são nossas de fato! Espiritualmente falando, você já está abençoado com todas elas!
Mas para desfrutar de cada uma, eu e você, temos que nos apropriar delas.
Se você ainda não se apropriou da salvação, recebendo Jesus como Senhor e Salvador, você ainda não está salvo (a Bíblia diz que para sermos salvos, temos que declarar, com a nossa boca, que Jesus é o nosso Senhor, Rm 10.9, 10).
Para você ser curado de enfermidades, se passa da mesma forma: você precisa apropriar-se da cura – É fato que Jesus levou todas as nossas dores e enfermidades, mas isso não significa que não ficamos enfermos; você tem que se APROPRIAR da cura para ser curado, da mesma maneira que se apropriou da salvação, para ser salvo (as bênçãos da cruz não são automáticas).
Da mesma forma, temos que nos apropriar da cura das feridas de nossa alma e da quebra das maldições.
Portanto, você sabe que a obra de Jesus na cruz foi completa, que na cruz Jesus conquistou para nós toda sorte de bênçãos, mas agora considere o seguinte:
 
CONSIDERE ONDE ESTÃO AS BÊNÇÃOS QUE JESUS CONQUISTOU
Há um versículo que apresenta a necessidade da apropriação, é Ef 1.13: “Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nos lugares celestiais em Cristo”.
Quero fazer duas perguntas. A primeira é: Que tipo de bênçãos Jesus conquistou para nós? ...e a segunda é: Onde estão as bênçãos que Jesus conquistou na cruz?
Vejamos a primeira: Que tipo de bênçãos Jesus conquistou para nós: são as BÊNÇÃOS ESPIRITUAIS, e não bênçãos físicas.
Ah! Mas Jesus não conquistou para nós a saúde, levando sobre si a enfermidade?
Entenda isso: A saúde do corpo, do físico, é uma das bênçãos espirituais que Jesus conquistou para nós; mas ela ainda não se tornou uma bênção física. – ou seja: no plano espiritual você já está abençoado com saúde, mas você ainda não fica enfermo? ...fica, porque a enfermidade do seu corpo ocorre no mundo físico; e a bênção da cura somente foi realizada na cruz espiritualmente.
E àquela segunda pergunta: Onde estão as bênçãos que Jesus conquistou na cruz?
Já estão na minha vida aqui neste mundo, uma vez que sou crente? ...o que Ef 1.13 nos diz? ...onde é que estão as bênçãos com as quais nós já fomos abençoados?
O versículo diz isto: “...nos lugares celestiais em Cristo”.
Irmão: As bênçãos que Jesus conquistou na cruz para nós, elas não estão na esfera do mundo físico; elas ainda estão na esfera espiritual, “nos lugares celestiais”, diz a Bíblia.
 
Agora, preste atenção à isto: Para que eu receba (no mundo físico, em minha vida aqui neste mundo) qualquer uma das bênçãos que Jesus já conquistou para mim na cruz, eu tenho que TIRÁ-LAS da esfera espiritual (dos lugares celestiais) e TRAZÊ-LAS para o mundo físico em que eu vivo!
Tenho que transformar BÊNÇÃOS ESPIRITUAIS em BÊNÇÃOS FÍSICAS, por assim dizer.
E como é que eu faço isso? ...abrindo a minha boca (eu tenho que declarar que aquela bênção eu a estou recebendo, em nome de Jesus).
Em outras palavras: através de uma oração. (é isso que é APROPRIAÇÃO)!
 
Vamos ilustrar isso com palavras do nosso mundo físico para entender o que acontece no mundo espiritual:
O cheque espiritual.
Quando você se converteu, digamos que foram creditados no céu, dez bilhões de bênçãos reais espirituais (e você recebeu um talão de cheques espirituais, sendo que cada cheque chama-se ORAÇÃO).
Se você não usar o cheque, você não conseguirá sacar um centavo de bênção espiritual (deu para entender? ...cada oração é um cheque)!
 
Mas um cheque tem que ser preenchido corretamente:
Primeiro, você tem que preencher com clareza (por cifra e por extenso) o seu valor – isso significa que no cheque espiritual você tem que, na oração, dizer de forma clara qual é a bênção que você quer (não dizer: “Senhor simplesmente, abençoa-me”).
Se você preenche um cheque deixando de especificar o valor, o banco aceita? ...não.
 
Depois, você tem que preencher o favorecido – na sua oração você também tem que dizer ao Senhor para quem é essa bênção que você está pedindo.
 
Depois disso, você tem assinar o cheque. “Assinar” numa oração significa TER FÉ (quando você assina um cheque, você está declarando para o banco: Pode pagar, pode ter fé que o cheque é meu mesmo – se não assinar um cheque, ele volta).
Da mesma maneira: se você orar sem fé, não pense que a sua oração vai ser atendida. (Tg 1.6 diz: “”peçam com fé e não duvidem de modo nenhum, pois quem duvida é como as ondas do mar, que o vento leva de um lado para o outro. Quem é assim não pense que vai receber alguma coisa do Senhor”).
 
Finalmente, no cheque você tem que pôr a data.
Na esfera espiritual isso significa que é naquele momento em que você ora, em que você está orando, que o elemento TEMPO está sendo inserido na sua bênção, isto é, a bênção está saindo das regiões celestiais e entrando no mundo físico!
Percebe por que precisamos fazer ORAÇÃO? ...as bênçãos que Jesus conquistou para nós não vêm automaticamente para nós (se viesse, não haveria necessidade de orar)! ...mas a Bíblia diz para orarmos sem cessar!
 
Com isso, quero concluir com uma observação muito importante, pois é básica para sermos abençoados em todas as áreas da nossa vida – a observação é a seguinte:
Todas as bênçãos espiritualmente já nos foram dadas; mas cada uma delas precisa ser apropriada, num determinado momento da nossa vida.
O modo de você apropriar, de você TOMAR POSSE da bênção de Deus é fazendo oração, é emitindo cheques espirituais.
Você tem emitido muitos desses cheques?
Ouça: Seu saldo celestial nunca diminui. O seu talão de cheques espirituais nunca chega ao fim – você não precisa economizar “bênçãos espirituais”; elas são intermináveis! Aleluia?
Mas se você não emitir um cheque, se não orar, as bênçãos de Deus para você ficarão lá para o dia seguinte... se no dia seguinte você também não orar, não sacar do reino do espírito nenhum bênção, elas continuarão lá...
Porém, quando você morrer e for para a eternidade, você vai olhar para os depósitos do céu e vai ver a quantidade interminável das bênçãos que poderia ter sacada e não sacou...
A partir de hoje: Não economize suas bênçãos. Tome posse delas!

AUTOR DESCONHECIDO

(Não nos responsabilizamos pelo conteúdo teológico deste material)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Translate

NOTÍCIAS