TRADUTOR

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

sexta-feira, 26 de maio de 2017

REFLEXÃO 343 - A NOSSA ATITUDE NOS TEMPOS FINAIS

A nossa atitude nos tempos finais

Como estamos vivendo nossos dias? Tudo leva a crer que vivemos os tempos finais. A situação de caos que vive o mundo, com mudanças do clima, catástrofes naturais e guerras, mostra-nos que algo está acontecendo. Como nós, os jovens, devemos enfrentar essa situação? A Bíblia nos mostra algumas características dos tempos finais, não somente o que ocorre exteriormente, mas também no interior do homem. 
A Segunda Epístola a Timóteo 3:1-4 nos diz o seguinte: "Sabe, porém, isto: Nos últimos dias, sobrevirão tempos difíceis,- pois os homens serão egoístas, avarentos, jactanciosos, arrogantes, blasfemadores, desobedientes aos pais, ingratos, irreverentes, desafeiçoados, implacáveis, caluniadores, sem domínio de si, cruéis, inimigos do bem, traidores, atrevidos, enfatuados, mais amigos dos prazeres que amigos de Deus". 
Ao refletirmos sobre os graves problemas sociais e familiares que atingem a humanidade, percebemos claramente que os homens estão se tornando cada vez mais como descrito nos versículos acima. Será que estamos nos tornando iguais a eles? E nossa turma? Está tomando essa forma? E nossos amigos? O problema não está fora do homem, mas dentro dele. 
A Bíblia ainda nos diz que "haverá tempo em que não suportarão a sã doutrina; pelo contrário, cercar-se-ão de mestres segundo as suas próprias cobiças, como que sentindo coceira nos ouvidos; e se recusarão a dar ouvidos à verdade, entregando-se às fábulas" (2 Timóteo 4:3-4). Como nós, os jovens, encaramos tudo isso? Queremos realmente ouvir a verdade e encontrá-la? Temos coragem de enfrentar os fatos, ou preferimos fugir para as drogas ou mentiras que satisfazem nosso ego? Será que não percebemos que muitas vezes enganamos a nós mesmos? Precisamos aprender a ouvir não o que queremos, mas o que necessitamos. Precisamos ouvir a verdade que é Deus e Sua Palavra. Devemos perceber que estamos vivendo uma época extremamente importante, os dias que antecedem a volta do Senhor. 
A Palavra de Deus nos diz que "o mistério da iniqüidade já opera e a guarda somente que seja afastado aquele que agora o detém; então será, de fato, revelado o iníquo,..."(2 Tessalonicenses 2:7-8). Este iníquo é "o homem da iniqüidade, o filho da perdição, o qual se opõe e se levanta contra tudo que se chama Deus... " (2 Tessalonicenses 2:3-4). O homem hoje despreza a Deus. Dinheiro, fama, poder se tornaram o deus da humanidade. O homem se afastou de Deus e hoje fala do poder das pirâmides, dos cristais, dos duendes, dos anjos, mas não de nosso Senhor Jesus Cristo. Hoje, o mistério da iniqüidade opera da mesma maneira que a prefiguração do anticristo operou (Antíoco Epifânio) e o anticristo, em sua manifestação, operará. Em Daniel 11 :32 lemos: "Aos violadores da aliança, ele, com lisonjas, perverterá, mas o povo que conhece ao seu Deus se tornará forte e ativo. " Satanás sempre vem com lisonjas, nos fazendo sentir o máximo quando fazemos a vontade da turma, quando seguimos a correnteza deste mundo. Desde o livro de Gênesis, podemos ver que Satanás, ao tentar a mulher, o fez com um falar que pôs em dúvida a Palavra de Deus, querendo levá-la a crer que seria como Deus se comesse do fruto. Quantas mentiras ele fala ainda hoje para que você se sinta um deus, sinta-se o máximo, aquele que está "abafando" em tudo, mas é um violador da aliança? A tática do inimigo é levar-nos a quebrar e esquecer a aliança que temos com Deus. Hebreus 8:9 expõe a situação do povo de Israel: "Não segundo a aliança que fiz com seus pais, no dia em os tomei pela mão... pois eles não continuaram na minha aliança... ". Jovens, lembremo-nos de que somos um povo que tem uma aliança com Deus. Ele estabeleceu uma nova aliança conosco. Essa aliança foi selada com Seu próprio sangue. Ele também é o fiador dessa aliança, garantindo que Deus cumprirá Sua parte e que, se num momento de fraqueza nós não cumprirmos nossa parte, Ele já pagou por isso. De acordo coma passagem de Daniel, vemos que a reação do povo de Deus, no meio dessa situação tenebrosa, é se tornar um povo ativo e forte porque é um povo que conhece seu Deus. Jovens, ao vermos a situação atual, é tempo de nos levantarmos e nos tornarmos fortes e ativos; levantarmo-nos para testemunhar de Cristo, levarmos a Palavra de Deus a todas as pessoas. Forte e ativo: essas são as características do cristão vencedor. É hora de lutar pela Palavra de Deus, não pela palavra do homem. E hora de testemunhar da nova aliança e não de letras de música pop. É hora de expressar Cristo e não a moda do mundo. É hora de ser um cristão normal, um filho de Deus.

AUTOR DESCONHECIDO
(Não nos responsabilizamos pelo conteúdo teológico deste material)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Translate

NOTÍCIAS