TRADUTOR

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

ESCATOLOGIA 9 - A OPERAÇÃO DO ERRO

A Operação do Erro

O que é a verdade?" - Pôncio Pilatos (João 18:38)


2 Tessalonicenses 2:11 diz que Deus enviará a "operação do erro" ao mundo quando o Anticristo ascender ao poder. A igreja de Jesus Cristo já terá partido no Arrebatamento, terminando assim com a influência de "sal e luz" da operação do Espírito Santo na humanidade por meio dos cristãos fiéis. Então, como que para adicionar insulto à injúria, uma alucinação sobrenatural virá sobre o mundo de modo a garantir que Satanás encarnado seja 100% bem-sucedido em sua conquista! Todos os homens em toda a parte darão as boas-vindas ao Anticristo com os braços abertos e nem uma única voz se levantará em protesto. Naquele ponto. o diabo alcançará seu objetivo de governar o mundo e de receber a adoração dos homens em lugar de Jeová Deus. 



Por que você acha que Deus vai permitir ao diabo tamanha atitude? A Bíblia não nos dá uma razão específica, mas estou convencido de que ela se encontra na mesma categoria que o antigo ditado: "Cuidado com aquilo que você pede em oração, pois poderá terminar recebendo!" Sendo o deus deste século (2 Coríntios 4:4), Satanás tem usado todas as estratégias possíveis para colocar Deus de lado e usurpar Seu papel como Deus Soberano. Durante o período de sete anos da Tribulação, ele receberá corda suficiente para se enforcar. Com essa liberdade irrestrita, ele lançará seu ódio contra tudo o que Deus criou, e a monstruosa mentira ensinada pelas sociedades secretas e pelas religiões de mistério que Lúcifer é o "deus bom" será finalmente exposta - mas então será tarde demais para todos aqueles que foram enganados. 



Durante algum tempo após o arrebatamento não haverá crentes na Terra e o "mistério da injustiça" (2 Tessalonicenses 2:7 - que eu pessoalmente acredito será o gnosticismo - florescerá rapidamente de forma plena. Mas a Bíblia - a Palavra de Deus - ainda estará disponível, porque o diabo e seus demônios não podem destruí-la (1 Pedro 1:23)! Não há dúvida que uma das primeiras ordens do Anticristo será proibir as pessoas que possuírem uma Bíblia e toda cópia que puder ser encontrada será queimada. Mas antes que o reinado de terror do Anticristo seja trazido ao fim na Batalha do Armagedom, milhões de pessoas chegarão ao conhecimento da salvação em Jesus Cristo por meio dos esforços dos 144.000 missionários judeus! O capítulo 7 do Apocalipse nos diz que 12.000 indivíduos de cada uma das 12 tribos serão "selados" por Deus para Seu serviço e que uma "grande multidão" (verso 9) será salva durante a Grande Tribulação (verso 14). A opinião majoritária entre os professores conservadores da Bíblia é que a grande multidão será o fruto espiritual desses judeus convertidos e nascidos de novo. Embora o Israel no Velho Testamento tenha falhado em sua responsabilidade de testemunhar para as nações, essa falha será retificada durante o Período da Tribulação. 



O contexto de 2 Tessalonicenses 2:11 relativo a Deus enviar a "operação do erro" é geralmente interpretado como essa operação do erro vindo sobre a humanidade após o arrebatamento da igreja, mas não estou tão certo que ela não tenha seu início algum tempo antes desse evento. Na verdade, acho que se pode muito bem argumentar que a presença dessa operação do erro já esteja presente aqui e agora! Em meus quase 68 anos de vida, nunca houve um tempo anterior em que tantas pessoas estavam tão confusas sobre o que a Bíblia ensina. Homens com diplomas em Teologia estão agora promovendo planos e programas tão distantes das doutrinas bíblicas definidas de forma tão clara que só podemos pensar na "operação do erro". 



Um caso em vista envolve "teonomia" - uma palavra de origem grega derivada de Theos e Nomos - significando "Deus" e "lei". Também chamada de Teologia do Domínio, ou Reconstrucionismo, é uma tentativa de colocar a América de volta às suas raízes puritanas e no ideal bíblico de sociedade. Embora eu concorde plenamente com o sentimento de viver de acordo com a Palavra de Deus, a tentativa por parte dos homens de forçar esse ideal sobre a sociedade é contrária às Escrituras! Isso não funcionou nos dias de João Calvino e de Oliver Cromwell e não funcionará até que o Príncipe da Paz imponha esse ideal sobre toda a humanidade durante Seu Reinado Milenar. 



Um erro evidente nesse raciocínio é a crença que estamos agora vivendo no Reino e, como resultado, devemos estar reinando com Cristo sobre a terra - como diz Apocalipse 5:9-10: 



"E cantavam um novo cântico, dizendo: Digno és de tomar o livro, e de abrir os seus selos; porque foste morto, e com o teu sangue compraste para Deus homens de toda a tribo, e língua, e povo, e nação; e para o nosso Deus os fizeste reis e sacerdotes; e eles reinarão sobre a terra."



Mas estamos agora vivendo no reinado de Jesus Cristo? E é verdade (como eles afirmam enfaticamente) que o Senhor não retornará - na verdade ele não pode voltar - até que Sua igreja tenha reivindicado este mundo do diabo? Devem os crentes usar qualquer e todos os métodos à sua disposição para estabelecer o domínio sobre os incrédulos, como os meios políticos, reformas sociais, ou até mesmo a violência, se for necessário? 



Meus amigos, se você pensa que esse movimento é um elemento minoritário e marginal dentro da cristandade - pense novamente! Quando a Direita Religiosa iniciou seu esforço atual para influenciar a definição de políticas dos Estados Unidos durante a administração Reagan, eles estavam seguindo essa filosofia, percebessem ou não. É principalmente por essa razão que os 'progressistas' da Esquerda continuam a rosnar sobre a separação entre a igreja e o Estado. Eles sabem da história da igreja que inevitavelmente ocorre quando os cristãos com boas intenções vão longe demais. Portanto, fique informado que os zelotes nas altas esferas que corretamente condenam os excessos dos talibãs muçulmanos estão fazendo tudo o que podem para estabelecer uma versão cristã que tem o objetivo de subjugar todo o mundo! 



Mas mesmo que esses esforços ganhem apoio popular dentro da cristandade, tentar forçar individuos espiritualmente mortos a se conformarem com os princípios bíblicos inevitavelmente falhará. Para provar essa asserção, somente temos de apontar para o fato que o próprio Rei dos reis entrará no Reinado Milienar com uma população totalmente regenerada. Então, à medida que as pessoas tiverem filhos e o número de incrédulos gradualmente aumentar ao longo dos séculos, o pecado da rebelião estará em seus corações. O Senhor Jesus Cristo governará com "vara de ferro" (Apocalipse 2:27; 12:5; 19:15) e todos serão forçados a aderir às Suas leis. Mas após 1.000 anos de obediência forçada, hordas dessas pessoas, cujo número será como "o da areia do mar" (Apocalipse 20:7-8) correrá para o lado de Satanás quando ele for solto de sua prisão no poço do abismo (Apocalipse 20:3) em uma tentativa de derrubar Deus. Portanto, mesmo depois de viver sob um governo perfeito e em um ambiente perfeito, o coração humano pecador não terá sido conquistado por essa pressão. 



A Teologia do Domínio é apenas a manifestação mais recente da antiga teoria do "Destino Manifesto dos EUA" do século 19. Eis o que a enciclopédia on-line Wikipedia diz sobre o assunto: 



"O historiador Beshoy Shaker observou que três temas fundamentais foram normalmente tocados pelos defensores do Destino Manifesto:

1. A virtude do povo americano e de suas instituições

2. A missão de alastrar essas instituições, desse modo redimindo e recriando o mundo à imagem dos EUA e
3. O destino sob a direção de Deus para realizar essa obra.





A origem do primeiro tema, mais tarde conhecido como Excepcionalismo Americano, foi freqüentemente rastreado à herança puritana, particularmente ao famoso sermão 'A Cidade Sobre a Colina', de 1630, em que ele propôs o estabelecimento de uma comunidade virtuosa que seria um exemplo reluzente para o Velho Mundo. Em seu influente panfleto de 1776, 'Senso Comum', Thomas Paine, um dos Pais Fundadores, ecoou essa noção, argumentando que a Revolução Americana oferecia uma oportunidade para a criação de uma nova e melhor sociedade. 

"Temos em nossas mãos o poder de iniciar o mundo novamente. Uma situação similar a esta não acontece desde os dias de Noé. O nascimento de um novo mundo está diante de nós..." [fim da citação da Wikipedia]

Entretanto, esse novo mundo - a Nova Ordem Mundial - está definitivamente no horizonte e muitos elementos diversos estão juntando forças para "trazer o reino". Esteja ciente, porém, que esse não será o Reinado de Jesus Cristo

"Mas os homens maus e enganadores irão de mal para pior, enganando e sendo enganados." [2 Timóteo 3:13]

O mundo está se tornando mais apodrecido a cada minuto e a noção que toda a humanidade pode ser manipulada a aderir à igreja é claramente ridícula. Acautele-se desse ensino! Deus está atualmente tirando Seus eleitos do navio condenado do governo humano e nenhuma quantidade de intervenção econômica ou política conseguirá manter esse navio flutuando. Então, quando ele finamente emborcar e ficar com o casco para cima, no fim do Período da Tribulação, o diabo estará na cabine de comando. 

Somente após as estratégias dos homens pecadores tiverem corrido seu curso total é que Jesus Cristo voltará para reinar e governar. A primeira coisa que ele fará ao retornar é destruir os exércitos do Anticristo com a aguda espada que sai da Sua boca. (Apocalipse 19:15) Somente esse fato indica que Ele não retornará para um mundo que foi trazido à submissão pela igreja.


AUTOR DESCONHECIDO
(Não nos responsabilizamos pelo conteúdo teológico deste material)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Translate

NOTÍCIAS