TRADUTOR

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

AS BEM-AVENTURANÇAS 2 - AS BEM-AVENTURANÇAS UM ESTILO DE VIDA - 2

AS BEM-AVENTURANÇAS UM ESTILO DE VIDA - 2

Continuação de AS BEM-AVENTURANÇAS UM ESTILO DE VIDA - 1 

1 – Contracultura (estabelecida)
            V.7 – Devemos ser misericordiosos – Misericórdia é ter compaixão pelas pessoas que passam necessidades, é Ter compaixão da miséria, do desespero, da dor do próximo. É Ter compaixão dos famintos da África, é Ter compaixão dos doentes que estão morrendo nas filas do prontos socorros do nosso país. É Ter compaixão dos meninos de rua, dos drogados, das prostitutas, dos aidéticos. Ser misericordioso é procurar dar uma nova vida a essas pessoas, dar a elas oportunidade de mudarem de vida. E não apenas ficar assistindo pela televisão o que acontecem dia a dia no mundo e não fazer absolutamente nada para melhorar o mundo em que você vive.
            Jesus não especifica as categorias de pessoas a quem devemos demonstrar misericórdia.      ILUSTRAÇÃO DO BOM SAMARITANO
            Ser misericordioso é estender a mão aos necessitados, e fazer o que pudermos para aliviar a dor e o sofrimento do nosso próximo.
            Ser misericordioso também é perdoar aqueles que nos fazem mal.
            Nosso Deus é um Deus misericordioso e dá provas de misericórdia continuamente; os cidadãos do seu reino também devem demonstrar misericórdia.
            E NÃO devemos ser cruéis como o mundo é quando fiel a sua própria natureza.
            O mundo prefere isolar-se da dor e da calamidade dos homens. Acha que a vingança é deliciosa e que o perdão é sem graça quando comparada a ela.
            John Stott diz que “nada prova mais claramente que fomos perdoados do que a nossa própria prontidão em perdoar”.
            Devemos ser misericordiosos, pois desta forma alcançamos misericórdia.

V.8 – Devemos ser limpos de coração – O salmista (Davi) já perguntava: Quem subirá ao Monte do Senhor? Quem há de permanecer no seu santo lugar? O que é limpo de mãos e puro de coração, que não entrega a sua alma a falsidade, nem jura dolosamente”.
Ser limpos de coração é ser uma pessoa íntegra, é não Ter pacto algum com a injustiça, com a mentira. Ser limpo de coração é ser sincero, sem divisões, sem cera.         ORIGEM DA PALAVRA SINCERA
            Os limpos de coração são as pessoas inteiramente sinceras. Toda sua vida pública e particular, é transparente diante de Deus e dos homens.
            O intimo de seu coração, incluindo pensamentos e motivações, é puro sem mistura de nada que seja desonesto, dissimulado ou desprezível. A hipocrisia e a fraude lhe são repugnantes.
            NÃO PODEMOS ser como os fariseus. Jesus chamou a atenção dos fariseus porque eles limpavam o exterior do copo e do prato, mas o interior deles estavam cheios de rapina e perversidade. Jesus os comparou com “sepulcros caiados”, que por fora se mostram belo, mas interiormente estão cheios de hipocrisia e de iniquidade.
            Será que você não está coberto de cera para não mostrar o que você realmente é?
            Devemos ser sinceros, isto é, sem cera diante Deus e diante os homens.
            Devemos orar como Davi “cria em mim óh Deus um coração puro”, isto é um coração limpo, porque os de corações limpo verão a Deus.

            V.9 – Devemos ser pacificadores – Somos chamados para pacificar, devemos ativamente “buscar” a paz, e, até aonde depender de nós “ter paz com todos os homens”.
            Paz significa reconciliação, e esta é obra divina, Deus é o autor da paz e da reconciliação.
            “Através de Cristo, Deus reconciliou consigo mesmo todas as cousas”, “havendo feito a paz pelo sangue da sua cruz”.
            Devemos entender que o homem ao desobedecer a Deus, tornou-se inimigo de Deus e que o próprio Deus na pessoa do Filho reconciliou consigo o homem e toda sua criação, isto foi feito quando Jesus derramou seu sangue na cruz nos justificando por meio dele. Ele fez a paz conosco a um preço imenso e deixou para nós o exemplo e a tarefa de sermos reconciliadores, pacificadores, proclamadores da paz, ainda que seja a custo elevado, ainda que doa devemos buscar a paz.
            Quando nós mesmos estamos envolvidos numa disputa haverá a dor do pedido de desculpas a pessoa que prejudicamos, a dor de se humilhar, de abandonar o orgulho.
            Ser pacificador é lutar pela união da Igreja, do corpo que você congrega, e também da Igreja de Cristo espalhada por todo o mundo.
            Ser pacificador é evangelizar, assim você estará levando pessoas a Cristo, e através de Jesus Cristo as pessoas estarão sendo reconciliadas com Deus.
            NÃO DEVEMOS ficar por aí fazendo fofocas, falando mal do outro pelas costas, fazendo a caveira do próximo por onde você passa. Desta forma se cria barreiras, preconceitos um com o outro e dificulta o relacionamento do corpo de Cristo. Isto gera richas e brigas na Igreja. Se você tem algo contra alguém, procure a pessoa, converse com ela, mas faça com mansidão, com humildade, com o desejo de fazer a paz e não de tirar satisfação, faça isso ainda que doa.
            Seja um pacificador, porque os pacificadores serão chamados filhos de Deus.

V.10-12 – Seja perseguido por causa da justiça e por causa de Jesus Cristo – Cada Cristão deve esperar oposição. Aqueles que tem fome de justiça sofrerão por causa da justiça que anseiam. Jesus disse que seria assim em qualquer lugar. E assim foi com Pedro, Paulo, João e muitos outros que lutaram pela justiça, que lutaram para anunciar o nome de Jesus. Tem sido assim em todas as épocas. Não devemos nos surpreender se a hostilidade anticristã aumentar, mas, antes, se ela não existir.
Lc 6:26 “Ai de vós, quando todos vos louvarem! Porque assim procederam seus pais com os falsos profetas”.
A popularidade universal está para os falsos profetas, assim como a perseguição para os verdadeiros.
Embora devemos sempre buscar a paz com todos, devemos estar cientes e esperar porque seremos com certeza perseguidos “por causa da justiça” e “por causa de Jesus”. Muitos não gostam da justiça, somente eles querem levar vantagens e muitos rejeitaram e muitos outros rejeitarão a Jesus Cristo a quem seguimos.
A perseguição é simplesmente o conflito entre dois sistemas de valores irreconciliáveis.
Como Jesus esperava que os discípulos reagissem diante da perseguição? Como Jesus espera que você reaja diante a perseguição?
V.12 “Regozijai-vos e exultai”, esta é a forma com que Jesus espera que você reaja diante da perseguição.
Não devemos nos vingar como o incrédulo, nem ficar de mau humor como uma criança, nem simplesmente sorrir e suportar tudo como um estóico, e muito menos fazer de conta que gostamos disso como um masoquista.
Então como devemos agir?
Devemos nos regozijar como um Cristão, e até mesmo “pular de alegria”. Por que?
-         Primeiro porque Jesus disse “é grande o vosso galardão nos céus”. Podemos perder tudo aqui na terra, mas herdaremos tudo nos céus.
-         Segundo porque a perseguição é um certificado da autenticidade cristã – “pois assim perseguiram aos profetas que viveram antes de vós”
Se somos perseguidos hoje pertencemos a uma nobre sucessão. Mas o motivo principal pelo qual deveríamos nos regozijar é porque estamos sofrendo por JESUS e por causa de nossa lealdade para com ele e para com os seus padrões de verdade e de justiça.

CONCLUSÃO: Os valores e padrões de Jesus estão em conflito direto com os valores e padrões comumente aceito pelo mundo. O mundo considera BEM-AVENTURADO OS RICOS, não os pobres , tanto na esfera material como na espiritual; OS DESPREOCUPADOS E FOLGAZÕES, não aqueles que choram por causa do pecado do mundo, que choram diante o mal que domina nossas vidas; OS FORTES E IMPETUOSOS, não os mansos e gentis; OS SACIADOS, AQUELES QUE VENDEM A JUSTIÇA POR VALORES MATERIAIS, não os que tem fome e sede de justiça; AQUELES QUE CUIDAM DE SUA PRÓPRIA VIDA DE FORMA EGOISTICA,          não aqueles que se envolvem nos problemas dos outros e se ocupam em fazer o bem, demostrando “misericórdia” e “fazendo a paz”; AQUELES QUE ALCANÇAM SEUS PROPÓSITOS, MESMO APELANDO PARA MEIOS ESCUSOS, e não os limpos de coração, que se recusam a comprometer sua integridade; AQUELES QUE SÃO CONFIANTES E POPULARES E QUE VIVEM SOSSEGADOS, VIVEM DE FORMA POLÍTICA, não aqueles que sofrem por seguir os padrões de Jesus e por seguirem ao próprio Jesus.
Você deve escolher ou viver nos padrões do mundo ou viver as bem-aventuranças. As bem-aventuranças são um estilo de vida contracultura estabelecida, esta é a proposta de Jesus para nós, por isso podemos chama-lá de contracultura cristã e só podemos vive-la se deixarmos que Jesus guie nossas vida por meio do Espírito Santo.


Pr. Cornélio Póvoa de Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Translate

NOTÍCIAS