TRADUTOR

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

sábado, 10 de setembro de 2011

MISSÕES 10 - O HOMEM É O ALVO PRINCIPAL DA MISSÃO

O HOMEM É O ALVO PRINCIPAL DA MISSÃO

O mundo está incluído como alvo da salvação de Deus. Podemos ver esta realidade nas palavras de Isaías (Is 65:17-25) e de Paulo (Rm 8:20-21).
Embora Deus tenha um projeto para toda terra, para o mundo, o homem é o alvo principal do amor de Deus. O homem é a coroa da criação de Deus, isso não implica que ele seja melhor que os demais seres criados, mas que recebeu da parte de Deus autoridade para governar sobre a criação. A queda do homem implicou em caos para toda criação, mas sua salvação também implica em redenção para toda criação. Quando Deus completar o fim dos tempos, isto é, quando Jesus voltar, o mundo voltará à harmonia que existia antes da queda do homem.
O homem é o alvo da salvação de Deus, o alvo da missão. Jesus veio para salvar o homem (Mt 1:21; 18:11). A Bíblia deixa claro para nós que a salvação é para o povo de Deus, para todo aquele que Nele crer (Jo 3:16). Somente os homens têm capacidade de crer, confiar naquilo que não vê. Jesus veio para resgatar o homem de sua morte espiritual, de seu estado pecaminoso. Jesus veio para libertar o homem da condenação, veio para justificá-lo (Rm 5:1) com a finalidade de preparar um povo para Deus (Tt 2:14; 1 Pe 2:9).

Essa verdade já é conhecida da Igreja ha muitos anos, entretanto recentemente que se tem olhado para o homem de forma integral. Nos últimos dias tem-se falado em missão integral, salvação do homem integral, realidades essas que têm sido resgatadas, mas que não são novidades dentro da história da Igreja.
A Igreja primitiva se preocupava com o homem integral. Diz as escrituras que eles repartiam o pão de casa em casa (embora fosse uma forma de celebrar a Santa Ceia, também alimentava aqueles que necessitavam), perseveravam na oração e na doutrina dos apóstolos (cuidados espirituais) e mantinham uma comunhão que não vimos mais em tempo algum. Na comunhão podiam tratar das necessidades emocionais e físicas. Era comum no início da Igreja venderem o que tinham para repartir com os que não tinham.
Por alguma razão a Igreja se esqueceu desses princípios, se esqueceu do homem como ser complexo e passaram a vê-lo apenas como um ser espiritual. A Igreja se preocupou por anos em levá-los ao céu, mas não se preocupou em libertá-lo do sistema maligno que governa este mundo tenebroso.
Esta realidade que viveu a Igreja a conduziu a ver o homem apenas como número dentro de seu meio. Cada membro da Igreja era apenas um número e não um ser que precisava ser amado e pastoreado fisicamente e emocionalmente. Tais pensamentos misturados a um sistema individualizante, que transformou o homem em um produto de consumo tem levado igrejas a olharem para eles como algo há mais. Infelizmente não como ser humano, mas como produto em potencial de consumo. Igrejas se transformaram em casa de shows, vendem CD’s, testemunhos de conversões, etc., porque vêem o homem como consumidores e não carentes da graça de Deus.
Não sou contra a venda de produtos evangélicos, mas sou contra a forma como tem sido feito. Transformaram a Casa de Deus em lugares para lucros e interesses pessoais. Já passou o tempo de virarmos a mesa, como Jesus o fez em seu tempo.
Pela imensa graça de Deus, algumas Igrejas voltaram-se a preocupar-se com o homem integral. Temos uma divida para com os homens. Nós Igreja temos um evangelho que nos foi deixado com alto preço. Muitas vidas foram ceifadas, muito sangue escorreu a começar pelo próprio Deus encarnado e seus apóstolos. Temos uma divida e devemos pagá-la e não temos direito de cobrar para entregar o evangelho àqueles que necessitam. De graça recebemos de graça devemos dar (Mt 10:8).
O evangelho veio para humanizar, trazer o homem de volta ao seu estado original antes da queda. Quando o evangelho resgatar o homem integral estará resgatando o mundo.


PERGUNTAS PARA REFLEXÃO:
1)      O que você entende por salvar o homem de forma integral?
2)      Para você Jesus se preocupava com o homem em todas as dimensões de seu viver? Se sua resposta é sim, você poderia citar passagens bíblicas que comprovem sua resposta.
3)      Como você vê o comércio que se faz hoje com a marca “Jesus”? Este comércio realmente propaga o nome de Jesus de forma significativa, verdadeira e santa ou o banaliza contribuindo dessa forma para a desvalorização do sagrado?
4)      Quais são as metas da evangelização?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Translate

NOTÍCIAS