TRADUTOR

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

A ORDEM DA SALVAÇÃO 5 - FÉ


A ORDEM DA SALVAÇÃO

ESTUDO 5

  1. INTRODUÇÃO
    1. O arrependimento é o aspecto negativo da conversão.
    2. A fé é o aspecto positivo da mesma conversão.
  2. O SIGNIFICADO DE FÉ
    1. Russell Champlin descreve três tipos de fé:
      1. Fé Objetiva: Aquilo que se acredita, isto é: o credo, o cristianismo. Uso limitado nas Escrituras, principalmente nas Pastorais. É mais usado na teologia. A fé objetiva só existe por causa da fé subjetiva.
      2. Fé Subjetiva: A fé é depositada em Cristo, neste caso consiste na entrega da vida aos cuidados do Salvador. A pessoa tem o desejo de ser como Cristo e o Espírito Santo passa a operar nesta vida.
      3. Fé Virtude: Resultado da fé subjetiva na vida diária (Gl 5.22).
  3. OS ELEMENTOS DA FÉ
    1. O elemento intelectual (notitia)
      1. Consiste no reconhecimento da verdade e a pessoa aceita tudo o que Deus diz nas Escrituras, especialmente quanto a depravação total do ser humano e acerca da redenção que há em Cristo Jesus.
      2. Este conhecimento da fé é algo seguro, certo, incontestável. Hb 11.1, faz com que as coisas invisíveis para o crente sejam realidades. A certeza dessa fé parte do próprio Deus e nada pode abalar isso.
      3. Para se ter essa fé é necessário oferecer a pessoa o mínimo para que possa exercitar a sua fé.
    2. O elemento emocional (assentimento)
      1. O momento existencial da vida da pessoa que deixa de considerar o objeto da fé como algo separado e indiferente, e começa a sentir-se vivamente interessado por ela.
      2. A pessoa abraça a fé salvadora com um profundo sentimento de aquilo é verdade. Isso satisfaz a sua vida, sua existência.
    3. O elemento volitivo (fiducia)
      1. É o elemento culminante da fé. É a confiança em Cristo.
      2. A fé é também assunto da vontade que determina a direção da alma, um ato da alma que sai em direção ao objeto e o apropria.
  4. A FÉ PRODUZ
    1. Esperança, Rm 5.2
    2. Alegria, At 16.34; 1 Pe 2.6
    3. Paz, Rm 15.13
    4. Confiança, Is 28.16, cf 1 Pe 2.6
    5. Ousadia na Pregação, Sl 116.10 cf. 2 Co 4.13
  5. ALGUMAS IDEIAS SOBRE A FÉ
    1. Os Reformadores ensinam que a fé que justifica não justifica por alguma eficácia meritória ou inerente, senão que é um instrumento para receber ou reter o que Deus prometeu nos méritos de Cristo, cf Ef 2.8-10.
    2. Consideraram esta fé como um dom de Deus e somente na forma secundária, como atividade do ser humano em sua dependência de Deus.
    3. A fé é mais do que uma mera opinião. É uma certeza imediata. É uma convicção fundamentada sobre o testemunho e envolve confiança.                               

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Translate

NOTÍCIAS