TRADUTOR

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

terça-feira, 20 de agosto de 2013

REFLEXÃO 129 - A CONSCIÊNCIA

A Consciência

Alvo: Uma consciência sempre pura "diante de Deus e dos homens"(At. 24.16).

A definição de Consciência
A consciência não é a "voz de Deus na alma humana", isto é , ela não é infalível em seus pronunciamentos ( conf. 1 Cor. 4.4 ). A consciência é o indicador do grau de consciência entre a nossa conduta e os valores com os quais estamos compromissados.
As Funções da Consciência:
Discernir entre o "certo" e o "errado", conforme o padrão assumido.
Encorajar a fazer o "certo"( de acordo com o padrão ) e produzir paz e alegria quando obedecida.
Produzir um sentimento de acusação, tristeza e culpa quando seu padrão foi violado.
Os Tipos de Consciência:

No V.T. a língua hebraica não possui um termo específico para "consciência", mas uma percepção, ou sensibilidade moral aparece com freqüência no V. T. Por exemplo, 1 Samuel 24:5 e 2 Samuel 24:10 trazem a frase "sentiu Davi bater-lhe o coração" para descrever um senso agudo de culpa ( cf. também Jó 27:6 ). E SI 32:3, 4 descreve de modo fascinante tanto o sentimento de culpa como também as conseqüências físicas e emocionais do pecado não confessado ( cf. o medo de Gn. 3:7, 8 ).
No N.T. a língua grega possui uma palavra exata para "consciência", que aparece 32 vezes no N.T. ( 21 vezes nas cartas de Paulo, 5 vezes na carta aos hebreus, 3 vezes no evangelho de João ).

Consciências Doentias:
Fraca; 1 Co. 8:7
Por causa do conhecimento errôneo ou deficiente da Palavra de Deus.
Por causa de uma vontade vacilante ou insubmissa à vontade de Deus.
Corrompida; Tt. 1:15
Má: Hb.10;22
Cauterizada: 1Tim. 4:2

Consciências Sadias:
Limpa ou Pura: 1 Tim. 3;9; 2 Tim. 1;3; At. 24:16
Boa; 1 Pedro 3;16; Hb. 13;18
Fatores Relacionados com uma Consciência Sadia:
A Própria Convensão:
Antes ( Hb. 9:9; 10:2 )
Depois ( Hb. 9;14; 10;22 )
Um Ministério Eficiente: 1 Tm. 3;9
Vitória na batalha espiritual:1 Tm. 1;18,19
Um Testemunho Poderoso: 1 Pedro 3:15, 16; 2 Cor. 4:2
A capacidade de Formar Amizades Íntimas: 1 Tm. 1:5
A Capacidade de Tomar decisões Acertadas e de Vencer Maus hábitos; Jó: 8:9
Liberdade de Espirito perante as Autoridades: Rm. 13:15; Hb. 13:18
Paz e Segurança por saber que, mesmo Sofrendo Injustamente, está dentro da Vontade de deus: 1 Pe. 2:19, 4:12,16

O apóstolo Paulo reconhecia a necessidade de se criar e de presevar uma consciência pura ( Atos 24;16 ). E Paulo não deixa dúvidas quanto a importância de uma boa consciência na batalha espiritual do cristão: "Combate... o bom combate, mantendo a fé e a boa consciência, porquanto alguns, tendo rejeitado a boa consciência, vieram a naufragar na fé"( 1 Tim. 1;18,19 ). Essa passagem seria suficiente para mostrar a eficácia da consciência na vitória espiritual, mas o apóstolo registra repetidas vezes sua preocupação com a consciência. De 32 vezes que a palavra que a palavra "consciência" aparece no Novo Testamento, Paulo utiliza 23 vezes ( o escritor aos Hebreus, 5 vezes; Pedro, 3 vezes; João uma vez ), a própria proporção indica seu zelo por manter uma consciência sadia. Paulo sempre se preocupou com a sua própria consciência ( At. 23;1; 24:16 ). Uma consciência limpa, é a marca de um líder espiritual ( 1 Tim. 3;9 ). É essencial, também, para o amor profundo e puro ( 1 Tim. 1:5 0 que deve caracterizar o discípulos do Senhor em seu relacionamentos ( Jó. 13:35 ). É a base de um testemunho poderoso e coerente, mesmo perante os que difamam o bom nome do cristão ( 1 pe. 3;15,16 ). E ela dá-nos paz e liberdade de espirito perante as autoridades ( Rom. 13;5; 1 Pedro 2:19 ). O que é afinal é a consciência? Ela é a voz de Deus na alma humana? Ou será que é o nosso guia pessoa e inflável quanto ao "certo" e "errado"? Para ambas as perguntas, a resposta é "não". Ela é fiel em comprar nossos pensamento, atitudes, palavras e ações com algum padrão moral. Este padrão talvez seja imperfeito ou flagrantemente errado, mas assim como ele é, a consciência julgará conforme ele. Nesse sentido, a consciência se assemelha a um relógio fino; posso alterar o "padrào" do relógio, adiantando-o (por ex.) em relação à hora local. Ele continuará funcionando com precisão, mas de acordo com o padrão errado. A consciência, como o relógio, segue o padrão que lhe for dado- errado ou não. Há uma história que ilustra bem a importância do padrão para a consciência: "Em épocas passadas ( na luta ) a consciência de um hindu protestava veementemente contra a morte de uma vaca, mas permanecia quieta enquanto ele sacrificava seu filho. Um hindu certa vez disse a um administrador inglês: - Nossa consciência fala - nos que é certo queimarmos nossas viuvas na pira funerária de seus maridos" -"Sim", replicou o oficial, "e a nossa consciência fala - nos que é certo enforcá-los se o fizerem ". A consciência, portanto, discerne entre o certo e o errado conforme o padrão moral adotado, comprando com ele as emoções, pensamentos, palavras e ações, quer sejam do passado, do presente, ou mesmo do futuro. Daí, ela aprova ou condena ( Rm. 2 : 14, 5 ). Por isso Paulo afirmou que servia a Deus "desde os seus antepassados com consciência pura" (II Tim. 1 : 13 ). Com a conversão de Paulo, mudou - se radicalmente o padrão de sua consciência. Em conseqüência, assim falaram dele os cristãos : -"Aquele que antes nos perseguia, agora prega a fé que outrora procurava destruir". ( Gl. 1 : 23 ). Voltemos à pergunta: Como conseguir e manter uma boa consciência? R: O primeiro dever do homem não é o de seguir, e sim poder instrui-la na Bíblia. Nossa Segunda tarefa ( Enganosamente simples ), é a de Obedecer nossa consciência. Afirma o escritor aos Hebreus: "Mas o alimento sólido é para os adultos, para aqueles, pela prática, tem as suas faculdades exercitadas para discernir não somente o bem, mas também o mal" ( Hb. 5:14 ). Nossa consciência é como um termômetro medindo a temperatura: ela diz "culpado" ou "não culpado" Quanto as nossas decisões, atos e palavras mas a responsabilidade dela termina aí. Cabe a nós a responsabilidade de agirmos na base de seu veredicto. Parece ser impossível a consciência de um verdadeiro de um cristão ficar totalmente cauterizado, principalmente pela presença do Espirito Santo que reforça as "Cutucadas" dela: "ou supondes que em vão afirma a Escritura: É com ciúme que por nós anseis o Espirito, que Ele fez habitar em nós?" ( Tg. 4:5 ). Porém, mesmo no filho de Deus é possível que a consciência tenha-se endurecido e se torna não digna de confiança em uma área, e confiável em outra. Por exemplo, sua consciência pode incita-lo a não mentir mas ser completamente insensível a pecados sexuais. Porém, abrigar o pecado em uma área de sua vida faz com que ele se espalhe para outras áreas. Caro irmão, evite o naufrágio espiritual ( 1Tm. 1:19 ). Fortaleça-a com estudo da palavra de Deus. Siga fielmente suas "cutucadas" depois de alinhada com o padrão da palavra. Para responder corretamente o que diz a consciência, talvez precisemos reparar algo que tenhamos feito a alguém ou de uma situação, ou perdoar a alguém por algo que nos tenha feito, mesmo que esse alguém não tenha pedido perdão. Em qualquer caso, para Ter uma consciência tranqüila diante de Deus e dos homens ( At. 26:16 ), devemos fazer que quer que seja necessário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Translate

NOTÍCIAS