TRADUTOR

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

REFLEXÃO 140 - O QUE DEUS ESPERA DE NÓS?

O QUE DEUS ESPERA DE NÓS?

Nos últimos dias tenho feito uma pergunta a mim mesmo: “Tenho honrado a Jesus Cristo”? Não tem sido fácil para mim responder esta pergunta. Olho para minha agenda e me vejo em meio a tantas tarefas, correndo de um lado para o outro, buscando trabalhar de maneira a alcançar as expectativas que tenho colocado sobre meu ministério e ao mesmo tempo tentando atingir as expectativas que as pessoas colocaram sobre mim.


Talvez você esteja neste momento fazendo esta mesma pergunta a si mesmo: “Tenho honrado a Deus com minha vida”?
Muitas vezes acreditamos que honramos a Deus porque ocupamos grande parte de nossa agenda na tentativa de obedecermos aos mandamentos de Deus, isto é, socorrer os necessitados, estender as mãos ao que está caído, orar pelo que está enfermo, ensinar o evangelho, cuidar de nossos filhos, dar atenção ao nosso cônjuge, etc.. Claro tudo isso honra a Deus, entretanto existe um perigo neste pensamento. Somo levados a pensar que praticando muitas obras agradamos a Deus. Somos consumidos pelo ativismo e sem percebermos as obras nos engolem, e já não temos tempo para Deus, pois sem nós como as pessoas poderão alcançar salvação e como poderão ser socorridas em suas diversas necessidades.
Não se assuste com o que vou dizer: “Deus não espera que você evangelize o mundo todo ao seu redor”. “Deus não espera que você socorra todas as pessoas que passarem por você”. Jesus não fez isso quando viveu entre nós. Ele não curou todos os doentes que estavam aguardando no tanque de Betesda (João 5.3). E pode acreditar ele não saiu com a consciência pesada daquele local, mesmo tendo poder para curar a todos.
Jesus sabia o que o Pai queria que ele fizesse, ele fazia o que o Pai desejava somente. Jesus não pregou fora de Israel, pois sabia que essa não era a vontade do Pai e nem o tempo para isso. Jesus viveu no centro da vontade do Pai.
Precisamos compreender essa verdade, pois ela é cura para nossas almas. Deus não espera que você seja o herói do mundo, apenas que você viva uma intima relação com Ele, e através desta relação, Ele irá te conduzir ao centro de Sua vontade.
Certa vez perguntaram para Jesus: “Que faremos para realizar as obras de Deus?” Jesus respondeu: “A obra de Deus é esta, que creias naquele que por ele foi enviado” (Jo 6.28). Percebe qual é obra que você tem que fazer? Nada! Absolutamente nada, a não ser crer.
Você me pergunta: Crer não implica em obedecer? Sim. Mas quando Jesus no convoca para fazer discípulos, ele está nos chamando para um viver natural daquele que nasceu do Espírito. O que quero dizer é que pregar o evangelho, batizar, socorrer o necessitado, não é algo que temos que ficar correndo atrás como se isto fosse um tesouro escondido... não! Essas coisas fazemos naturalmente, impelidos pelo amor de Deus em nós. Portanto quanto mais contemplo a Deus, quanto mais permaneço em sua presença, mais eu irei honrá-lo, pois desta forma mais próximo do centro de Sua vontade estarei.
A questão não é a quantidade de obras que faço, mas se faço o que Deus realmente espera que faço.

Pr. Cornélio Póvoa de Oliveira
02/10/2013


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Translate

NOTÍCIAS