TRADUTOR

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

AÇÃO SOCIAL 1 - A DIMENSÃO EMPRESARIAL DA AÇÃO SOCIAL

A Dimensão Empresarial da Ação Social


Quando se inicia um trabalho na área social é muito sério, pois estará lidando diretamente com vidas e necessidades das mesmas.
Um projeto social não pode ter a visão de realização pessoal, mas da divindade de Deus sobre o projeto. Deus deve ser o principal construtor do projeto a ser realizado. E o que vem de Deus tem que ser sério e organizado.
Temos que relacionar uma instituição já constituída como algo de melhor a ser oferecido para a sociedade, pois somos alvos de observação constante.


Uma instituição, para funcionar bem, tem que ter um plano de trabalho, um programa a ser cumprido e um planejamento a ser desempenhado.
Algumas características a serem desempenhadas:
1-Traçar metas para o ano de atuação
a) Determinar o tempo para atingir estas metas.
b) O que precisa para atingir estas metas?
c ) Recursos financeiros?
d) Pessoal?
e) Espaço físico?
f) As metas devem ser claras e alcançáveis
g) As metas devem ser flexíveis, permitindo modificações
h) Devem ser colocadas em ordem de prioridade

2– Delinear as funções dentro do quadro de pessoal, distribuindo tarefas e horários.
Ex.: - Casa Abrigo: funcionamento 24h.
- Obreiros: 06
Manhã /Tarde: atuação 02
Tarde /Noite: atuação 02
Coordenador:01
Serviços Externos / busca de doações / acompanhamento nas escolas: 01
- Plantões nos finais de semana: rodízio
- Tarefas:
Manhã: reforço escolar
Tarde: tarefas / esportes
Noite: estudo bíblico, jogos, filmes, etc ( escola semanal )

3 – Reuniões semanais de avaliação. Colocar as dificuldades da semana, observando as atividades de cada menino. Momento para colocar as dificuldades de relacionamento dos obreiros.

4– Planejamento para busca de recursos
- Estar integrado na comunidade
- Participar dos conselhos
- Envio de projetos para busca de recursos via Fundo Municipal, Estado, Prefeitura, Empresas, etc.
- Confecção de folders através de boleta bancária

5– Atendimento exemplar para as pessoas que visitam a instituição e buscam informações via telefone. A instituição é você.

6– Sempre ter fotos e material de divulgação disponíveis.

7– Divulgar o trabalho nas igrejas, buscando novas parcerias. Elaborar uma fita de vídeo, levar garotos para cantar, mostrar transformações na vida dos meninos

8– Limpeza, boa aparência, higiene e organização faz a diferença em uma instituição.

9 – Trabalhe com um número de crianças de acordo com o número de obreiros. Se a instituição tem 2 obreiros e a capacidade de atendimento por obreiro é de 4 meninos, tenha somente 8 meninos na instituição.

10 – Como a sua instituição pode fazer DIFERENÇA. Todas as instituições prometem o melhor serviço social. Todos os obreiros afirmam ter relações estreitas com o seu público atendido. Toda instituição fala que NÃO TEM DINHEIRO.
a) Como você atende as pessoas que visitam a sua instituição?
Algumas pessoas valem mais para você do que outras. Todos querem a mesma coisa, conhecer a sua instituição. A maneira como você apresenta faz a diferença de como é repassada ao visitante. O visitante poderá se interessar e trazer outros para contribuir em oração, bens materiais, divulgação.
b) Uma instituição que aprende
Uma crítica às vezes pode agredir os nossos ouvidos. Principalmente diante das dificuldades atuais. Mas ela tem que ser analisada com cuidado, com o valor merecido. É uma relação de aprendizado, ouvir pessoas que têm uma visão externa da situação. É uma relação que se torna inteligente a cada interação.
Não se limite a ouvir – aprenda.
Pequenas reclamações, ou sugestões, ou críticas, podem gerar grandes melhoras.
c) Você cuida de seus mantenedores?
Você jamais quer perder um mantenedor. Quanto maior forem as preocupações de manter o seu ofertante informado, melhores serão as chances de sustentar uma boa relação de confiança, de investimento.
Uma instituição dava informações em um folheto. O folheto virou jornalzinho, depois um jornal mais bem cuidado, depois uma revistinha, e hoje tem uma revista, bem elaborada e de excelente papel.
Uma carta de agradecimento, um telefonema é sempre bem vindo para quem contribui.
A grande maioria dos empresários só contribui para projetos sociais se tiverem algo em troca.
Este tipo de visão, mostra que temos que nos organizar, buscar informações, montar projetos que sensibilizem e sejam organizados.
As informações estão ai, cabe a nós buscá-las e aplicá-las.
Um caso típico é o Fundo Municipal da Criança. O empresário doa 1% do imposto de renda a pagar para a instituição via Fundo. Cabe a instituição apresentar um projeto bem elaborado. Cabe a instituição estar bem organizada para ser contemplada com este investimento social.
Será que se o empresário ligar para sua entidade ele será bem atendido e obterá as informações necessárias?
A maior parte das instituições não está organizada para esta nova forma de trabalho, e não tem ninguém encarregado de fazer com que isto aconteça. Mas a instituição do futuro estará organizada em torno de suas relações com seus mantenedores. Esse é um passo modesto mas trata de três questões: Organização, tempo e dinheiro. Enquanto não houver uma pessoa responsável, ninguém vai ter dinheiro ou encontrar tempo para este projeto. Mas se você encarregar alguém do trabalho, começará a obter dinheiro para os projetos de sua instituição e subitamente descobrirá que existe tempo para isto.
Jesus é organizado, seja você também.


AUTOR DESCONHECIDO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Translate

NOTÍCIAS