TRADUTOR

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

ESPÍRITO SANTO (PNEUMATOLOGIA) 6 - A DOUTRINA DO ESPÍRITO SANTO



SEDE REGIONAL DE MONTE MOR-SP.

A DOUTRINA DO ESPÍRITO SANTO
Mat. 28:19 - At. 1:8
Por Pr. Osmundo Vaz



1.1 - É uma pessoa divina constituida de personalidade: intelecto, emoção e vontade; não é uma influência, energia ou força estática.
a) nomes: Advogado- I Jo. 2:1 - Consolador - Jo. 14:16
b) Identifica-se om o Pai, com o Filho e com todos os critãos. Mt. 28:19, II Co. 13:13 - Batizando-os em nome do Pai, e do Filho e "de uma influência"?
c) Tem vontade - I Co. 12:11, Revela - II Pe. 1:21, Sente tristeza - Ef. 4:30, Fala - Ap. 2:7, Pensa - Rm. 8:27-Mente do Espirito Santo, Comanda- At. 16:6-7, Testifica de Jesus - Jo. 15:26, Intercede - Rm. 8:26 e Ensina - Jo. 14:26.


2.1 - Divindade:
a) Chamado de Deus, I Co. 3:16 e Gn. 1:2.
b) É eterno, Hb. 9:14.
c) Onipresente, Sl. 139:7-10.
d) Onipotente, Lc. 1:35.
e) Oniciente, I Co. 2:10.

a) Espírto de Deus, I Co. 3:16 e Gn. 1:2.
b) Espírito de Cristo, Rm. 8:9.
c) Espírito de Vida, Rm. 8:2.
d) Espírito Santo, At. 1:5.

Representam a ação do Espírito Santo através dos vários ministérios que exerce em favor do povo de Deus.
4.1 - Fogo - Lc. 3:16
. queima - Hb. 12:29 - Símbolo da presença de Deus
. aquece o coração- Lc. 24:32.
4.2 - Vento - é invisível, mas é real - podemos sentí-lo.\ At.2:2 - O Espírito Santo encheu o cenáculo de uma fornte onda de poder. Jo. 20:22 - Ar, fôlego.
4.3 - Rio, Água, Chuva - Jo. 7:37-39
Rio procede do altar - Ap. 22:1-2 e Ez. 47:1-2
4.4 - Oleo, Azeite - Zc. 4:2-6.
Era usado nas solenidades de unção e consagração de profetas, sacerdotes e reis. Ex. 30:30, Lv 8:12, I Sm. 10:1 e I Sm 16:13.
4.5 - Selo - Ef. 1:13
Propriedade, legitimidade e autoridade ( Rm 8:9 )
Exemplo: Selo de segurança: produtos são selados para sua preservação
4.6 - Pomba - Mt. 3:16-17
Ternura, inocência, amabilidade, gentileza, bondade, brandura, paz, pureza e paciência.

a) na Criação - o Espírito de Deus pairava sobre as águas ( Gn. 1:2 )
b) No dilúvio - resistência e rebeldia - Aviso a Noé: o meu Espírito não agirá para sempre no homem. Gn. 6:3 - 120 anos.

O Espírito Santo do Antigo Testamento foi derramado sobre várias pessoas, habilitando-as para diferentes funções:
a) José - revelar minstérios Gn. 41:8-38
b) Moisés - liderança e sabedoria para legislar o povo de Deus - Is. 63:11.
c) Gideão - coragem para vencer midianitas Jz. 6:34 , 7:12.
d) Davi - rei, poeta, profeta e cantor I Sm. 16:13
e) Salomão - I Re. 1:32-40, Samuel - I Sm. 3:19-20, Sansão - Jz. 13:24-25.
f) Bazaleel - para realizar obras - Ex. 31:3-5.
g) Nos Profetas - Ezequiel Ez.2:2,I Pe.1:10, II Pe. 1:21
obs: Saul - I Sm. 10:1,6, I Sm. 16:14, Nm. 9:15-16, II Cr. 7:1-2, Jo. 14:16-17

Joao Batista
. Cheio do Espirito Santo, desde o ventre de sua mãe - Lc. 1:15.
. Autoridade - Lc. 3:2-4/
. Anunciava salvação- Lc. 3:5-6
. Condenava o pecado - pregava arrependimento - LC 3:7-9.

a) Concebido - Lc. 1:35
b) Cheio - Lc. 4:1
c) Ministério - Lc. 4:18-19
d) Ressuscitado - Rm. 8:11
e) Doador do E. Santo. - At. 2:33, Jo 1:33, Mt. 3:11,16

a) Regenera - Jo. 3:3-6
b) Batiza por Jesus - Jo. 1:32-34
c) Habita - I Co. 3:16
d) Guia - Rm. 8:14
e) Convence do pecado, justiça e juízo = Jo. 16:8-11
f) Ilumina - I Co. 2:12-14
g) Instrui - Jo. 16:13-14

a) Prometido - Jo. 14:16-17, Jo. 16:7,13, Lc 24:49, At. 1:5,8
b) Guia Fiel - Fazer a obra - At. 13:1-2, At. 2:42 - orientando - At. 16:6-7


O BATISMO COM O ESPÍRITO SANTO

A palavra batismo ( Mt. 3:11) no original grego "baptizen: significa imergir ou ser envolvido no Esp[irito Santo. O Batismo com o Espírito Santo é também denominado como: enchimento do Espírito Santo, imersão no poder, segunda experiência, revestimento de poder ou inteira santificação.
O Espírito Santo habitava nos discipulos antes do dia de Pentecostes ( At. 2:1 ) ?
Jo. 6:68-69 - Confessaram a Cristo
Jo. 13:10-11, 15:13 - Estavam limpos ( purificados, perdoados)
Lc. 10:20 - Seus nomes estavam escritos no livro da vida ( Ap. 20:12)
Jo. 20:22 - Receberam o Espírito Santo.
Base Bíblica: Joel 2:28, Ez. 36:26-27, Is. 28:11-12, Is. 32:15, Mt. 3:11, Lc. 24:49, At. 2:39, Atl. 4-5 e 8, At. 2:1-4, At. 2:16-18.
Qual é a evidência inicial do Batismo com o Espírito Santo?
Cremos que há muitas evidências do Batismo com o Espírito Santo, sendo que o falar em línguas estranhas é a evidência inicial ( At. 2:4 ).
Exemplos: Na casa de Cornélio ( At. 10:43-48) - Em Samaria ( At. 8:13-25 ) - em Éfeso ( At. 19:1-7 ).
Para que orar em línguas estranhas:
1 - Edificação ou crescimento espiritual: I Co. 14:4,18
2 - Orar segundo a vontade de Deus: I Co. 14:14
3 - Engrandecer a Deus: At. 10:46 e At. 2:11
4 - Falar diretamente com Deus: I Co. 14:2
5 - Edificar a Igreja: I Co. 14:5, 12, 13
6 - É uma das maneiras de orar: I Co. 14:14-15,18 - Rm. 8:26-27
7 - Dádiva ou Dom de Deus: I Co. 14:18
8 - Sinal para os incrédulos: I Co. 14:22
9 - O Homem não pode controlar sua língua ( Tg. 3:8 ), mas quando oramos em línguas estranhas Deus está controlando o nosso falar.
Observações quanto ao orar em línguas estranhas:
1 - Devem ser seguidas de interpretação. ( I Co. 14:13, 26-28)
2 - Devem ser julgadas, pois podem ser imitadas por emoção do coração e até por demônios.
3 - Não deve ser proibido, porém deve ser com ordem e decência. ( I Co. 14:39,30 e 32 )
4 - Cessará um dia ( I Co. 13:8,10)
5 - Não sejamos meninos. * Co. 13:11 ( Falava como menino - fala incontrolável; sentia como menino - não controlar a emoção; pensava como menino - ser sempre infantil ou meninice.

* O INTUITO DESSE ESTUDO NÃO É CONFRONTAR-SE COM QUALQUER POSICIONAMENTO DOUTRINÁRIO DE ALGUMA DENOMINAÇÃO, MAS MOSTRAR À LUZ DAS ESCRITURAS, A IMPORTÂNCIA DO ORAR EM LÚNGUAS ESTRANHAS, PORÉM SE ALGUM CRISTÃO FOR CONTRÁRIO AO POSICIONAMENTO DO ORAR EM LÍNGUAS ESTRANHAS, GOSTARIA QUE O MESMO BUSCASSE COM O SENHOR UMA PROVA SOBRE A VERACIDADE DESTE ASSUNTO, ANTESDE CRITICÁ-LO OU SIMPLESMENTE IGNORÁ-LO. BUSQUE SUA PRÓPRIA EXPERIÊNCIA.

Como Receber o Batismo com o Espírito Santo
1 - Ser salvo - Arrependimento ( At. 2:37,38 ) [ É uma experiência subsequente a salvação,
2 - Obediência - vida de obediência ( At. 5:32 - I Jo. 3:21,22 )
3 - Perseverar em buscar - ( Lc. 11:9-13)
4 - Louvar e glorificar à Deus
5 - Apropriar-se pela fé da promessa . ( At. 2:39 )
6 - Não depende de merecimento próprio, não pode ser dado pelos homens.
7 - Não depende de métodos, não depende da postura do corpo, não depende do local, não depende do horário.
Qual é o propósito do Batismo com o Espírito Santo
1 - Testemunhar: AAt. 1:8 ( Testemunha, traduzida do original grego, significa "martir"). Ex: Pedro: antes do Batismo com o Espírito Santo, cortou a orelha de Malco, negou a Jesus por 3 vezes, voltou a pescar. Depois do Batismo testemunhou. At. 2:14,23,37,38, 41 e At. 4:33.
2 - Buscar mais a Desu: Ter mais comunhão. At. 2:45 - mais santidade e pureza.
3 - Intrepidez e ousadia para pregar a Palavra de Deus. At. 4:18-20 e 31.
4 - Mais autoridade sobre enfermidades e domônios: Felipe At. 6:3,5 e At. 8:6-7
5 - Orar com mais eficácia. I Co. 14:2,514,15 e At. 12:5.
6 - Ler mais a palavra de Deus. At. 2:42, - maior revelação pessoal de Jesus.
7 - Adorar mais a Deus. At. 2:47 e At. 16:25
8 - Mais poder para termos vitória sobre os três maiores inimigos do homem: A Carne, O Mundo e Satanás.
9 - Mais poder para manifestação do fruto do Espírito Santo. Gl. 5:16,22.
10 - Maior revelação dos mistérios de Deus. At. 10:10,11, At. 7:56, At. 16:9-10, At. 13:1-2 e II Co. 12:1-4
11 - Mais amor por Cristo e pelas almas. At. 8:3-4
12 - Manifestação dos Dons Espirituais - At. 19:11-20

........Os Dons do Espírito Santo I Co. 12:8-11
DOM: Palavra grega "carisma": significa habilitação do favor e da graça de Deus; sendo que não nos é dado por possessão para ser usado quando e como queremos. Os dons do Espírito Santo são manifstações sobrenaturais do Espírito Santo e não talentos naturais.
Há dons diferentes, diversidade de ministérios e diferenças de realizações ou operações, mas o Espírito é o mesmo, e a manifestação do Espírito é dade a cada um para um fim proveitoso - I Co. 12:1-7.
É bom notarmos que há outros dons, além dos nove mencionados: I Co. 12:8-10 - Dons Espirituais de Serviço Crsitão ( Rm. 12:6-8 ) - Dons de Ministério ( Ef. 4:11 ).
Qual a finalidade dos Dons? I Co. 14:12 e Ef. 4:12-16; Ef. 2:21, Ef. 3:17-19, Col. 2:7
Jesus exercia os Dons Espirituais como Deus ou como homem? Mt. 3:16, Jo. 14:12, Filip. 2:6-8.
Por que Paulo escreve para a Igreja de Corinto?
Na igreja de Corinto havia a manifestação dos dons ( I Co. 1:7 ), mas não sabiam administrá-los com sabedoria e maturidade ( I Co. 12:1 ).
DONS DE REVELAÇÃO
1 - Palavra da Sabedoria
2 - Palavra de Conhecimento
3 - Dicernimento de Espíritos
DONS DE PODER
1 - Dons de Curar
2 - Dons da Fé
3 - Operação de Milagres
DONS DE ELOCUÇÃO
1 - Profecia
2 - Variedade de Línguas
3 - Interpretação das Línguas

1 - DONS DE REVELAÇÃO
1.1 - Palavra da Sabedoria - I Co. 12:8
É uma revelação sobrenatural dada pelo Espirito Santo, revelando a perfeita vontade de Deus, Seus planos, propósitos e ações. É relacionada com a presciência de Deus, tendo sua origem em Sua onisciência. Este dom é normalmente manifestado na liderança da Igreja.
A Palavra da Sabedoria é a aplicação do conhecimento de Deus.
Há quadro tipos de sabedoria:
- Humana - interesses desta vida, projetos humanos - Lc. 14:28-30
- Satânica - degradar o Reino de Deus e as pessoas - Ez. 28:12-17
- Divid\na - I Co. 2:6-7
- Palavra da Sabedoria - dado sobrenaturalmente - I Co. 12:8
Exemplos: Mt. 22:17-21 - Jesus - At.15:1,2,7,13,19,20,28,29 - Tiago - At. 6:3,10 - Estevão - Lc 12:11-12 - Discípulos.
1.2 - Palavra de Conhecimento ou Ciência - I Co. 12:8
É a revelação sobrenatural dada pelo Espírito Santo, de certos fatos existentes na mente de Deus. Palavra traduzida do grego é "logos " que significa: palavra, assunto, interesse.
A Palavra de conhecimento é uma parte fragmentária da onisciência de Deus ( Ele não nos transmite todo o seu conhecimento, e sim uma palavra de Seu conhecimento ).
Há quatro tipos de conhecimento:
- Humano natural adquirido: Dn. 12:4
- Sobrenatural deste mundo decaído: através da mente natural revelando o oculto.
- Intelectual verdadeiro: conhecimento pessoal de Deus ( Jo. 17:3 ) e pelo estudo da Palavra de Deus ( Sl. 103:7, Ex. 33:13 )
- Palavra de Conhecimento - I C0. 12:8
Exemplos: 11 Rs 5:25,26 - Elizeu e Geazi ; II Rs. 6:9-12 - Elizeu; Lc 5:8-10 - Pedro; Jo. 1:47-48 - Natanael; Ho 4:18 - Samaritana; Jo. 6:70 - Judas, At. 9:10-12 - Ananias; e At. 10:9-20 - Pedro
obs: A manifestação da Palavra da Sabedoria e Conhecimento pode vir através de uma voz audível, intuição espiritual, visão ou sonho.
1.3 - Discernimento de Espíritos - I Co. 12:10
É uma revelação sobrenatural dada pelo Espírito Santo, para identificar ou discernir a natureza e o cráter dos espíritos: Humano, Satânico, Divino; através de uma visão na dimensão espiritual ou intuição espiritual.
Não é habilidade para descobrir faltas alheias, não é leitura de pensamentos, não ;e fenômeno espiritista, não tem relação com a Psicologia e a Parapsicologia.
Exemplos: II Rs. 6:15-17 - Elizeu, Lc 13:11,12 e 16 - Jesus, Jo 2:24-25 - Jesus, At. 5:1-3 - Ananias, At. 8:17-21 - Simão, At. 16:6-7 - Paulo, At. 16:16-18,30,31,33 - Paulo e I Tes 2:17-18 - Paulo.

Muitas vezes os dons de poder operam simultaneamente.
2.1 - Dons de Curar - I Cor. 12:9
Visa a cura sobrenatural de enfermidades ou doenças sem ajuda de meios naturais ou habilidades humanas. Is. 53:4-5
Observações:
1 - Os dons de curar operam pela soberana vontade de Deus e para Sua glória. Ex. 15:26
2 - Deus não é o agente de doenças e enfermidades e sim Satanás Lc. 13:11,16
3 - Deus usa homens para curas específicas e não para curar todas enfermidades e doenças - II Tim. 4:20, I Tim. 5:23, At. 10:38, Mt. 4:23 - Jesus curou a todos - Jo. 3:34.
4 - A cura divina pode ser gradual ou instantânea - Jo. 9:1,6,7 Mc 8:22-25 e Mc. 10:46,51,52.
2.2 - Dom da Fé -I Co. 12:9
É uma dotação sobrenaatural pelo Espírito Santo, a qual outorga convicção ao crente que aquilo que ele declarou ou sedejou, ou o que Deus falou, acaabará se cumprindo ( promessas, planos e propósitos ).
Há três tipos de Fé:
1 - Comum - Fé que opera para a saalvação - Rm. 10:17, Ef. 2:8.
2 - Natural - Capacidade que todo homem tem de crer em um ser Supremo.
3 - Fé - Dom do Espírito - At. 6:5 , At. 8:5-7
2.3 - Operação de Milagres ou Maravilhas - I Co. 12:10
É uma intervenção sobrenatural no curso usual da natureza.
É um efeito ou evento do mundo físico, distinto das leis da natureza.
Exemplos: Ex. 14:21 - Mar Vermelho, Josué 10:12-14 - Paralização do Sol, II Rs. 6:6 - Machado Emergiu, Mat. 8:26 - Tempestade, Jo. 6:5-14, Multiplicação de pães e peixes, Jo. 11:43 - Lazaro - Operação dos três dons de poder simultaneamente.

3.1 - pROFECIA - i cO. 12:10
É um discurso sobrenatural numa língua conhecida, tendo origem na onisciência de Deus.
Observações:
1 - Há tres tipos de profecia : humana (coração), satânica e divina.
2 - A pregação ordinária não é profecia, sendo que a mesma pode conter um elemento profético.
3 - Finalidade: edificar, consolar, exortar - I Co. 14:3
4 - Tem função preditiva e não diretiva - At. 11:28, At. 21:10-11
5 - Deve ser julgada pela Palavra de Deus - I Co. 14:29
6 - Tem que ser cumprida.
7 - Deus fala ao nosso coração, cuidado como os "recados "do tupo: O Senhor mandou-me dizer-lhe para fazer isso ou auilo. Examine os "vasos"ou aquele que profetiza - II Pe. 1:19-21
8 - Não é superior ás Escrituras.
9 - Deve ser bem administrada - I Co. 14:32
10 - O dom da Profecia não é o mesmo que ministério profético - Ef. 4:11
11 - Cuidado com as profecias à respeito de casamento.
12 - O dom da Profecia se manifestou na igreja primitiva ( I Tim. 1:18, I Tim 4:14 ), e se manifesta hoje ( I Tes. 5:20 ).
13 - É um sinal para os fiéis - I Co. 14:22
14 - Devemos procurar com zelo os dons espirituais, principalmente o de profetizar -
I Co. 14:1,3,6.
15 - A profecia está relacionada com a fé - Rm. 12.6
16 - A profecia não é recebida nem transmitida inconscientemente( I Co.14:32
17 - A profecia deve ser manifestada com zelo e temor - Nm. 22:38.
3.2 - Variedade de Línguas - I Co. 12:10
São a expressao vocal mediante o Espírito Santo, em linguagem nunca aprendida epla pessoa que fala e não compeendida pela pessoa que fala.
observações:
1 - Falar em linguas estranhas nada tem a ver com a capacidade lingüistica, nem com a mente ou intelecto do homem.
2 - Há duas maneiras pelas quais o falar em línguas pode ser manifestado:
a) Como língua devocional para edificação individual ( I Co. 14:2 ).
b) Como dom de variedade de língua ( I Co. 12:30 )
3 - Normalmente o dom de variedade de línguas é manifestado em voz alta na presença de outros ( manifestação pública), seguido da manifestação do com de interpretação de línguas ( I Co. 14:27-28 ).
4 - Pode ser manifestado no culto público ou em reuniões. I Co. 14:26-26... tem língua...
5 - O dom de variedade de línguas deve ser julgado, pois pode ser imitado por emoção do coração e até por dmônios.
6 - Nem todos cristão possuem este dom: I Co. 12:10..... E a outro variedade de línguas....I Co. 12:30 - Falam todos diversas ( variedade). ?
7 - As línguas são um sinal para os incrédulos ( I Co. 14:22 )
a) A língua pode ser conhecida do incrédulo e Deus pode estar falando diretamente com ele.
b) A língua pode não ser um idioma conhecido, mas o impacto poderoso da mensagem em línguas, geralmente acompanhado de interpretação, pode falar ao incrédulo, e ser um sinal para ele.
3.3 - Interpretação de Línguas - I Co. 12:10
É a revelação sobrenatural pelo Espírito Santo do significado de uma expressao vocal em outras línguas.
Observações:
1 - Não é uma traadução e sim uma revelação divina da mensagem em línguas, expressando os propósitos, planos e vontade de Deus.
2 - Opera junto com o dom de variedade de línguas, equivalendo ao dom da profecia ( I Co. 14:27-28, I Co. 14:5 ), ou seja, a manifestação do dom de interprestação de linguas depende da manifestação do dom de variedade de línguas.
3 - No momento da interpretação de línguas, pode ser dada uma visão na dimensão espiritual.
4 - Pode ser maanifestado no culto público ou em reuniões ( I Co. 14:26-27 )
5 - Nem todos os cristão possuem este dom I Co, 12:30
6 - Devemos buscar com zelo o dom de interpretar línguas, para que a igreja receba edificação I. Co. 14:13,5

7 - Não há necessidade de intérprete oficial na igreja.


Obs.: Essa posição teológica é defendida pelos pentecostais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Translate

NOTÍCIAS