TRADUTOR

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

sexta-feira, 30 de maio de 2014

FÉ 14 - A FÉ E O SACRIFÍCIO

A Fé e o Sacrifício


Segundo o texto bíblico, "fé é a certeza de cousas que se esperam, a convicção de fatos que se não vêem." (Hb 11:1). Em outras palavras: fé é a certeza, é convicção de que Deus irá fazer exatamente aquilo que Ele prometeu!
O que caracteriza a verdadeira fé?
Poderíamos também perguntar da seguinte maneira: qual o fato que prova a fé da pessoa? Sim porque a fé não pode ficar apenas na base da teoria. Dizer que se crê em Deus pura e simplesmente não evidência de fato a fé. Há algo mais que se tem que fazer para essa fé ficar caracterizada, uma vez que a fé sem obras é morta. É exatamente aí que entra o sacrifício. O sacrifício identifica a fé de quem realiza. E ninguém é capaz de fazer um sacrifício sem que esteja convicto dos frutos dele.
A Bíblia mostra que os heróis da fé fizeram sacrifícios em razão da crença que tinham no coração. É o caso de Abel que por causa do calor da sua fé ofereceu mais excelente sacrifício do que Caim seu irmão, o que aconteceu com abraão quando posto a prova? ofereceu Isaque como sacrifício. Por quê? Simplesmente por causa da qualidade de fé de Abraão, entretanto Ele provou sua fé no sacrifício de Isaque para deixar como exemplo de fé que Ele deseja e quer de cada um de nós. Ninguém, em sã consciência, pode duvidar da atitude de fé de Abraão! Porque ele teve que caminhar três dias consecutivos com Isaque até ao Monte determinado por Deus para o sacrifício do filho. Essa longa caminhada de três dias caracterizou sua fé consciente.


O que tem a fé com a inteligência?
Quando a fé não é usada com inteligência então ela torna-se cega. E uma fé cega jamais pode trazer benefícios. Pelo contrário, a pessoa cuja a fé é cega passa a ser escrava da religião que professa.
A fé cega tem conduzido as pessoas aos desequilíbrios emocionais , tais como as paixões religiosas, aos entusiasmos e sentimentos enganosos provocando afinal as decepções com a própria fé. Daí a razão porque tanta gente crê em Deus e vive uma vida nos limites da miséria e do fracasso.
Há uma multiplicidade incrível de deuses e religiões nesse mundo. No entanto, os povos continuam cada vez mais carentes de vida. Por quê? Porque as religiões têm cegado e escravizado os povos impondo-lhes uma fé cega. O Senhor Jesus disse: "…e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará." (João 8.32). O acesso à verdade só é possível pelo conhecimento da Palavra de Deus, e isso somente é possível com o auxílio do intelecto. A meditação da Palavra de Deus (inteligência) somado à crença na mesma (fé) resulta no conhecimento da verdade que liberta.
As religiões e doutrinas humanas não têm poder para libertar as pessoas dos seus medos e dúvidas, principais causas de depressões; somente a verdade que procede da boca de Deus tem o poder de iluminar o interior humano e fazê-lo entender as razões de seus fracassos. A partir de então ele passa a saber como deve lutar para vencer.
Donde vem a fé sobrenatural e como?
A fé sobrenatural é um dom de Deus e vem pelo ouvir a Sua Palavra.
Como se conquista pela fé?
A fé vem de Deus, mas para exercitá-la e conquistar seus benefícios é preciso ter coragem para sacrificar.
Por que o sacrifício é o preço da conquista?
Porque no sacrifício há a ação da fé. Nenhum trabalhador teria coragem de sacrificar oito horas por dia durante todo o mês sem que estivesse convicto de receber no final do mês o salário referente àquele trabalho. Assim também acontece com o lavrador! Ele não sacrificaria as sementes na terra se não tivesse fé para colher muitas vezes mais. De fato a fé exige o sacrifício para trazer à existência aquilo que não existe.
Que tipo de culto Deus requer de Seus filhos?
Deus é Um ser inimaginavelmente inteligente. Da Sua inteligência e poder nasceu a criação. Obviamente o culto que Ele espera da criação tem que ser racional e inteligente. Aliás é justamente o que o Espírito de Deus nos ensina através do apóstolo Paulo, quando diz: "Rogo-vos, pois, irmãos, pelas misericórdias de Deus, que apresenteis os vossos corpos por sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional." (Rm 12:1).


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Translate

NOTÍCIAS