TRADUTOR

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

terça-feira, 22 de março de 2016

REFLEXÃO 291 - A LEI DE DEUS ESCRITA EM NOSSOS CORAÇÕES

A lei de Deus escrita em nossos corações   


Jeremias viveu sob a lei de Moisés. Ele era um sacerdote (Jeremias 1:1), e fiel a Deus sob essa lei. Portanto, ficamos admirados de encontrar nos escritos deste homem a profecia de que Deus iria fazer uma nova aliança.
   
"Eis aí vêm dias, diz o SENHOR, em que firmarei nova aliança com a casa de Israel e com a casa de Judá. Não conforme a aliança que fiz com seus pais, no dia em que os tomei pela mão, para os tirar da terra do Egito" (Jeremias 31:31-32).
   
As palavras são inconfundíveis. Deus faria uma nova aliança. Não seria meramente uma reforma da velha. Como esta nova aliança seria diferente? Obviamente, do ponto de vista de Deus, seria uma aliança melhor; de outro modo, não haveria motivo para substituir a velha lei. Observe estes pontos do novo concerto:

"Na mente, lhes imprimirei as minhas leis" (31:33).
"Não ensinará jamais cada um ao seu próximo... dizendo: Conhece ao SENHOR, porque todos me conhecerão, desde o menor até o maior deles" (31:34).
"Pois perdoarei as suas iniqüidades e dos seus pecados jamais me lembrarei" (31:34).

A diferença mais tangível e substancial entre as duas alianças é a diferença entre o sangue de touros e bodes, que jamais poderia tirar o pecado (Hebreus 10:4), e o sangue de Jesus, através do qual temos nossa redenção, o perdão de nossas transgressões (Efésios 1:7). Por causa deste sacrifício superior, temos uma aliança também superior, promulgada sobre melhores promessas (Hebreus 8:6).
   
Quero salientar o primeiro ponto da diferença mencionada: "Na mente, lhes imprimirei as minhas leis, também no coração lhas A lei de Deus escrita em nossos corações como a ti mesmo" (Mateus 22:34-39).
   
A inscrição da lei sobre nossos corações é uma feição saliente da nova aliança. Ela se refere a um modo de viver que é digno daqueles que vivem no fim dos tempos. Empenhemo-nos na imitação da natureza santa de Deus. Determinemo-nos a amar a Deus e nosso semelhante e a fazer as coisas que o amor nos leva a fazer. "Destes dois mandamentos dependem toda a lei e os profetas" (Mateus 22:40).

­por Bob Waldron


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Translate

NOTÍCIAS