TRADUTOR

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

quinta-feira, 28 de março de 2013

REFLEXÃO 76 - RESTAURANDO A IMAGEM DA IGREJA 2


RESTAURANDO A IMAGEM DA IGREJA - 2

Hoje irei continuar nossa reflexão Restaurando a Imagem da Igreja.
Falamos que a igreja de hoje está com sua imagem comprometida diante a sociedade. A distorção de sua imagem se faz, devido em grande parte, a divulgação de alguns pastores que estão na mídia. Estes líderes megalomaníacos se apresentam como representantes da igreja de Cristo, mas estão longe de viverem o cristianismo autêntico. Portanto para restaurarmos a imagem da Igreja:


2 – precisamos desvincular a imagem destes homens da Igreja de Cristo.
Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! Entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos céus.
Muitos, naquele dia, hão de dizer-me: Senhor, Senhor! Porventura não temos nós profetizado em teu nome, e em teu nome não expelimos demônios, e em teu nome não fizemos muitos milagres?
Então lhes direi explicitamente: Nunca vos conheci. Apartai-vos de mim, os que praticais a iniquidade.

Este texto descrevem as duras palavras de Jesus direcionadas as pessoas que acreditam que entrarão no Seu reino porque fazem uso do poder que há em Seu nome. Jesus está dizendo que usar o nome Dele para expelir demônios, curar enfermos, operar milagres e qualquer outra atividade não define que esta pessoa seja salva, lavada por Seu sangue e selada pelo Espírito Santo. Isso significa dizer que uma pessoa pode crer no poder do nome de Jesus, mas não reconhecer Jesus como Senhor verdadeiramente de sua vida.
Vivemos um período onde as igrejas “midianas”, da TV estão sendo lideradas por estes homens que creem no poder do nome de Jesus, são capazes de orar por curas e milagres, de expelir demônios, mas não conhecem verdadeiramente a Jesus, pois seus únicos ídolos são os seus próprios “eu”.
Homens que idolatram a si mesmo, que buscam enriquecerem-se da fé e do nome de Jesus; que transformam a casa de Deus em casa de comércio. Mas, chegará o dia em que se verão frente a frente com Jesus Cristo e ouvirão estas tristes palavras: “Apartai-vos de mim...”
É interessante que neste texto estes homens afirmam praticarem boas obras, afinal, eles profetizavam, expeliam demônios, curavam os enfermos e realizam outros tipos de milagres, entretanto para Jesus todas estas obras eram nada, pois a salvação não está baseada em obras, mas na graça concedida por Cristo a nós. Quanto a obra que afirmaram realizar, na verdade não eram eles que a realizavam, eles apenas usaram o nome de Jesus, que é o verdadeiro autor de toda graça concedida aos homens.
Jesus disse “nunca vos conheci, apartai-vos de mim”, isto significa que estes homens não têm parte com Deus, não são mensageiros de Deus, não são filhos de Deus, não são nada além de lobos, mercenários e falsos profetas. Estes homens não têm relação nenhuma com a Igreja de Cristo.

Pr. Cornélio Póvoa de Oliveira
21/03/2013






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Translate

NOTÍCIAS