TRADUTOR

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

quinta-feira, 5 de julho de 2012

MEDITAÇÕES 109 - SOMOS SERES ÍMPARES COM NECESSIDADES SEMELHANTES

SOMOS SERES ÍMPARES COM NECESSIDADES SEMELHANTES

INTRODUÇÃO: Há coisas em nossas vidas que nos fazem diferentes um do outro, contudo temos muitas necessidades semelhantes, embora sejamos diferentes.

1 – Deus nos fez de forma assombrosamente maravilhosa (Sl 139:14)
Ao contrário dos carros, os humanos não podem ser duplicados. Quando uma pessoa é concebida, é como se o Criador destruísse o molde. Na próxima vez que for a uma escola ou escritório, observe as pessoas. Quanta diversidade! Há pessoas de todos os tamanhos, formas e cores. Cada um com características físicas distintas: sobrancelhas cerradas, mãos grossas, físico atlético – a lista é extensa. E não há duas pessoas com digitais idênticas. Verdadeiramente, cada homem, mulher ou criança é único.
Davi louvou seu criador e reconheceu que foi formado “por modo assombrosamente maravilhoso” (v.14) “no oculto fui formado e entretecido” (v.15). Assim é com cada um de nós. Nosso Deus criador tem prazer na individualidade. Não precisamos invejar os outros ou nos sentirmos inferiores. Ao contrário, devemos expressar nossa singularidade servindo a Deus como só nós podemos.
Quando aceitamos nosso lugar no projeto do Criador, vemos como é bom sermos ímpares.

2 – Somos ímpares, porém, semelhantemente todos necessitamos de amor

Mt 24:12 – “E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor se esfriará de quase todos”.

Vivemos dias de guerra: EUA x Iraque; Traficantes x Policia; Pais matam filhos, filhos matam os pais; casais se matam por dinheiro, pessoas tiram a vida de outras por nada. O amor está se esfriando, vivemos os últimos dias como nos mostra a Bíblia.
A pergunta é: você faz parte destes “quase todos”. Você não pode permitir que o amor se esfrie em seu coração, pois você conhece o amor de Cristo, e ele é derramado em seu coração. O crente tem que permanecer firme no amor, pois as pessoas só nos reconheceram como discípulos se nos amarmos uns aos outros.
Rm 13:8 – “A ninguém fiqueis devendo cousa alguma, exceto o amor com que vos ameis uns aos outros; pois quem ama ao próximo tem cumprido a lei”.
O amor é uma divida que jamais poderemos pagar completamente, por mais que eu dê amor, ainda assim, fico em divida com a pessoa amada.

3 – Somos ímpares, porém, semelhantemente todos necessitamos de Cristo
A Bíblia diz que todos somos pecadores e todos carecemos da glória de Deus (Rm 3:23). O salário do pecado é a morte (Rm 6:23). Contudo há uma esperança, porque o dom gratuito de Deus, isto é, o favor que Deus fez por nós sem merecermos, é a vida eterna em cristo Jesus. Por isso João disse: “Todo aquele que nele crê não é julgado (será salvo) e todo o que não crê já está julgado (condenado)” (Jo 3:18). Jesus disse: “Eu vim como luz para o mundo, a fim de que todo aquele que crê em mim não permaneça nas trevas...” (12:46-48). Somente através de Cristo conseguiremos viver em paz, pois haverá paz em nosso interior, somente através de Cristo conseguiremos amar com amor verdadeiro. Portanto temos que reconhecer que necessitamos de Jesus em nossas vidas.

CONCLUSÃO: Todo ser humano é diferente por fora, mas por dentro somos todas criaturas de Deus que necessita do seu grande amor para poder viver relacionamentos sadios com outros e com nós mesmos.


Pr. Cornélio Póvoa de Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Translate

NOTÍCIAS